Viagora

Setut diz que não aumentará frota de ônibus em Teresina sem demanda

Segundo o coordenador Técnico do SETUT, Vinícius Rufino, a frota de ônibus que atua nas ruas da cidade são suficientes para a cobertura da demanda de passageiros.

Nessa quarta-feira (02), o Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros de Teresina (SETUT), comunicou que o aumento da frota de ônibus para o retorno das aulas em Teresina somente será cumprido se houver demanda de passageiros. A medida foi determinada pela Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) na última terça-feira (01).

Segundo o coordenador Técnico do SETUT, Vinícius Rufino, a frota de ônibus que atua nas ruas da cidade é suficiente para a cobertura da demanda de passageiros, contudo se houver o aumento deste número de passageiros a frota consequentemente também poderá aumentar.

Foto: Luis Marcos/ ViagoraParada de ônibus
Parada de ônibus

“Em relação a aumento de frota neste início do mês de fevereiro o que podemos dizer é que nesse momento a frota operante na cidade é suficiente para cobrir a demanda, obviamente se houver alguma necessidade ou aumento de passageiros transportados considerável essa frota poderá ser aumentada”, explicou o coordenador Vinícius Rufino.

Ainda de acordo com o coordenador Técnico, o poder público tem o direito de solicitar o aumento da frota de ônibus, mas deve arcar com o custo adicional para cobrir as despesas e dessa forma ser possível colocar os ônibus em funcionamento nas ruas.

“Por outro lado, o município tem o direito e o poder de aumentar essa frota caso ele opte por isso independente da quantidade de passageiros e arrecadação aumentada, porém deve-se observar que o município deve fazer a cobertura do custo adicional antecipadamente para as operadoras para que elas possam ter condição de colocar essa frota nas ruas”, finaliza.

Mais conteúdo sobre:

Teresina

Piauí

Setut

Strans

Facebook
Indicado para você
Veja também