Viagora

"Começaram invadir nosso território", diz Dr. Pessoa sobre Republicanos

O prefeito de Teresina falou sobre a organização do partido para as eleições deste ano no Piauí.

O prefeito de Teresina, Dr. Pessoa falou ao Viagora que está realizando um realinhamento em sua equipe de secretários da gestão municipal, dentre outros assuntos.

O gestor destacou que além de realinhar a equipe, o objetivo também é de cobrar resultados para que possam ser resolvidos problemas que surgirem. “É para termos resultados claros e objetivos e realinhar a equipe. Cobrar resultados, ver onde estão os nós, porque não estamos andando, para que o prefeito possa desatar, arrumar a estrada para que não tenha obstáculo nenhum”, disse.

Foto: Luis Marcos/ ViagoraPrefeito de Teresina Dr. Pessoa
Prefeito de Teresina Dr. Pessoa

Chapa do Republicanos

Questionado sobre a organização do Republicanos, Dr. Pessoa disse que já está tudo certo para a chapa de deputado estadual e federal e ressaltou a possibilidade de lançar uma chapa para governador e senador.

“Com a graça de Deus já arrumamos a chapa do Republicanos, principalmente a chapa de deputado federal e estadual. Ainda tem a possibilidade de vir para governador, senador, mais é menos de meio %, mas existe”, destacou.

Dr. Pessoa também revelou chateação por outros partidos invadirem o espaço do Republicanos e realizar a subtração de um dos possíveis membros do partido.

“Nós nos arrumamos e partido A e B, outros partidos começaram a invadir o nosso território, que fique bem claro que é um ex-prefeito duas vezes, do sul do estado, eu não lembro bem a cidade aqui, estava certo, pegou ficha, pegou tudo e vieram dois partidos, um do PSD e outro do MDB, e de um dia para outro na hora de fechar, fizeram essa subtração no nosso partido, mas como nós caminhamos com o desejo de Deus, nós já substituímos a falta”, disse.

Saída de Robert Rios da Secretaria de Finanças

Dr. Pessoa afirmou à reportagem que o vice-prefeito Robert Rios, deixou a Secretaria de Finanças por vontade própria e gestor garantiu que não o lançou à nenhuma pré-candidatura pelo Republicanos.

“Primeiro que ele se afastou de livre e espontânea vontade. Segundo que eu não lancei ele a nada, foi ele que saiu de livre espontânea vontade. Foi tudo atitude dele”, afirmou.

No último dia 1º de abril, o vice-prefeito declarou que havia pedido exoneração do cargo na Secretaria de Finanças, para disputar o cargo de governador do Piauí, nas eleições deste ano pelo Republicanos.

Facebook
Indicado para você
Veja também