Viagora

Suspeito de furtar R$ 300 milhões de contas bancárias é preso em Teresina

Segundo informações da polícia, a investigação teve início no ano de 2019 pela Polícia Civil do Distrito Federal, onde foi identificada organização criminosa.

Na manhã desta quarta-feira (13), a Polícia Civil do Piauí, deu cumprimento a mandado de prisão preventiva contraum homem acusado de integrar organização criminosa responsável por furtar aproximadamente R$ 300 milhões de contas bancárias. A prisão ocorreu no bairro Alto da Ressureição, em Teresina

Segundo informações da polícia, a investigação teve início no ano de 2019 pela Polícia Civil do Distrito Federal, onde foi identificada organização criminosa, com divisão de tarefas, mandavam endereços de web com conteúdo malicioso para determinadas vítimas e, através desse artifício, conseguiam fazer operação bancárias utilizado os dados das vítimas.

Foto:ViagoraDelegado Matheus Zanatta.
Delegado Matheus Zanatta.

De acordo com o delegado Matheus Zanatta, o prejuízo estimado é de R$ 300 milhões. "As primeiras prisões foram feitas no Distrito Federal, em março desse ano. Com a prisão de hoje, em Teresina, foi tirado de circulação o responsável pela gerência da organização criminosa", explica o delegado.

Mais conteúdo sobre:

Teresina

Piauí

Polícia Civil do Piauí

Facebook
Indicado para você
Veja também