Viagora

Sesapi registra aumento de quase 500% de casos de Dengue no Piauí

Segundo os dados do boletim da 13ª Semana Epidemiológica, o Piauí apresentou um crescimento de 489,3% dos casos de dengue, comprado com o mesmo período em 2021

Nessa quinta-feira (07), o Governo do Piauí informou a realização de uma reunião da Secretaria de Estado de Saúde (Sesapi) como Conselho de Secretário Municipais de Saúde (Cosems) com o intuito de elaborar um plano de contingência contra arboviroses, doenças causadas pelos arbovírus, que incluem Dengue, Zika, Chikungunya e Febre amarela.

Foto: DivulgaçãoAedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, chikungunya e zika.
Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, chikungunya e zika.

Segundo os dados do boletim da 13ª Semana Epidemiológica, o Piauí apresentou um crescimento de 489,3% dos casos de dengue, comprado com o mesmo período em 2021. Os dados também mostraram duas mortes pela doença em Teresina. Os números de Chikungunya também aumentaram em 3.009,5% em relação ao mesmo período do ano passado.

De acordo com o Secretário de Estado da Saúde, Neris Júnior, atentos ao número exorbitante de casos em todo o território do Estado, eles convocaram a reunião com o Cosems para elaborarem um plano de contingência para frear o crescimento das doenças. Para isso, ele disse que vão precisar também do apoio da população.

Ainda de acordo com o secretário, na reunião foram estabelecidas as medidas citadas a seguir, que deverão ser adotadas pelos municípios e a Sesapi:

º Atualização do plano de contingência 2022/2023;

º Monitoramento in loco dos municípios que estão sem atualização dos dados no sistema, processo que será realizado pela Sesapi;

° Ajuste junto aos profissionais de saúde com relação ao diagnóstico/seguimentos das doenças

º Definição de fluxos para a borrifação de locais com o alto índice de infestação do mosquito.

“Estaremos levando nossas equipes até estas cidades que estão silenciosas com relação aos dados para podermos entender as dificuldades e auxiliá-lo, o que nos proporcionará um diagnóstico mais fiel da realidade das arboviroses em nosso Estado’’ afirmou.

 Segundo os dados do Boletim, de janeiro a abril deste ano, o Piauí registrou 1.780 casos de dengue e 279 pessoas foram contaminadas pelo vírus da Chikungunya.

De acordo com a Coordenadora de Epidemiologia da Sesapi, as equipes de vigilância epidemiológica estão observando uma mudança na sintomatologia dos pacientes infectados pelo mosquito, entre elas estão alterações nos exames que monitoras o funcionamento do fígado. Ela também disse que informaram ao Ministério da Saúde, para início das investigações.

Conforme os dados, os municípios com maior incidência a cada 100 mil habitantes são: Curimatá, São Pedro do Piauí, Antônio Almeida, Santa Filomena e Novo Santo Antônio. As cinco cidades com os maiores números de casos de dengue estão Teresina (424), Campo Maior (227), São Pedro do Piauí (197), Curimatá (166) e Piracuruca (107).

Em relação à febre Chikungunya os dados mostram que as cidades com maior incidência de casos para 100 mil habitantes são: São Pedro, Oeiras, São Julião, Curralinhos, Alagoinhas do Piauí e Simplício Mendes.

O superintendente de Atenção à Saúde e Municípios, Herlon Guimarães, alertou para a importâncias de os gestores dos municípios atualizarem o sistema de informação do Ministério da Saúde, para a elaboração do plano de enfrentamento à doença.

“Todos os nossos veículos utilizados como carro fumacê estão funcionando e à disposição das cidades, que fazem a solicitação e atendem os critérios estabelecidos pelo Ministério da Saúde, as regionais também contam com o produto químico que ajuda a disseminar a lava, mas para a disponibilização precisamos dos dados de cada município atualizado no sistema.”

Por fim, segundo o Secretário Neris Júnior, a população também deve fazer a sua parte para evitar a proliferação do mosquito Aedes Aegypt, limpando seus quintais, não deixando objetos que acumulem água parada e mantendo seus ambientes limpos e arejados.

Por Anna Paula Couto

Facebook
Indicado para você
Veja também