Viagora

Pessoas em situação de rua ocupam praça Pedro II em Teresina

A Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi) garante que as pessoas que estão em situação de rua, que transitam pela Praça Pedro II, já foram abordadas.

Nesta quarta-feira (15), o Viagora recebeu denúncia de um teresinense que preferiu não se identificar relatando sobre o aumento de pessoas em situação de rua que estão ocupando a praça Pedro II localizada no Centro da capital.

De acordo com o denunciante, devido a quantidade de pessoas em situação de vulnerabilidade socioeconômica, o local está se tornando uma espécie de abrigo para as pessoas nesta situação.

Foto: Divulgação/ Arquivo pessoalColchão na praça Pedro II.
Colchão na praça Pedro II.

O denunciante registrou fotos do local em que é possível observar que há pessoas dormindo em redes armadas nos troncos de árvores, além de um colchão e lenções espalhados em bancos da praça que é o coração da cidade. Além disso, a praça possui lixo descartado irregularmente no chão, como sacolas.

Foto: Divulgação/ Arquivo pessoalMoradores em situação de rua na praça Pedro II.
Moradores em situação de rua na praça Pedro II.

Outro lado

A reportagem procuou a Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi) sobre o assunto e a pasta através da assessoria, emitiu uma nota sobre o assunto afirmando que as pessoas em situação de rua bjá foram abordadas pelo Serviço Especializado em Abordagem Social que garante a assistência dos moradores.

Confira abaixo a nota na íntegra:

A Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi) garante que as pessoas que estão em situação de rua, que transitam pela Praça Pedro II, já foram abordados pelo Serviço Especializado em Abordagem Social), por meio dos APS, responsáveis por oferecer os serviços oferecidos pela Prefeitura Municipal de Teresina (PMT). Além disto, já são assistidos pelo Centro de Valorização para População em Situação, com os serviços de: banho, almoço, guarda de pertences e demais encaminhamentos. No entanto, os mesmos se recusam a serem acolhidos pela Casa do Caminho, preferindo os espaços de rua. 

A Semcaspi reforça que a política de Assistência Social não é uma política punitiva ou que obrigue as pessoas a aderirem aos serviços, mas sim de sensibilizar este público a aderir aos serviços que têm direito. No caso da população em situação de rua, desde 2021, foi inaugurado o Centro de Valorização para População em Situação de Rua, localizado na rua Clodoaldo Freitas, Centro, e reúne os serviços do Centro POP e da Casa de Passagem “Casa do Caminho”.

A Semcaspi tem atuado diariamente na Busca Ativa da população em situação de rua, não apenas na região central, mas também em todos os bairros da capital, seja com o Busca Ativa ou mesmo por informação da sociedade. 

Para quem identificar uma pessoa ou família em situação de rua, basta entrar em contato com o Centro Pop, por meio do telefone: (86) 99559-5161.

Mais conteúdo sobre:

Teresina

Piauí

Semcaspi

Facebook
Indicado para você
Veja também