Viagora

Anvisa aprova uso da CoronaVac para crianças de 3 a 5 anos

De acordo com a Anvisa, a decisão ocorreu após estudos nacionais e internacionais sobre a eficácia do imunizante em crianças.

Nessa quarta-feira (13), a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), decidiu liberar a aplicação emergencial da vacina Coronavac, imunizante do Instituto Butantan, em crianças de 3 a 5 anos de idade.

De acordo com a Anvisa, houve uma reunião da diretoria em Brasília onde foi decidido que, seguindo as recomendações técnicas, as duas doses do imunizante contra a Covid-19 podem ser aplicadas em um intervalo de 28 dias em crianças que não são imunossuprimidas.

Segundo a diretora da Anvisa, Meiruze Sousa Freitas, a Coronavac está aprovada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) em pelo menos 56 países, e deve ser utilizada como reforço para a diminuição de hospitalizações e óbitos de crianças causados pela doença. "Vacinar crianças de 3 a 5 anos contra a covid-19 pode ajudar a evitar que elas fiquem gravemente doentes se contraírem o novo coronavírus", pontuou Meiruze.

Conforme as informações da Anvisa, a autorização foi baseada em estudos nacionais e internacionais realizados para análise do imunizante em grupos infantis. Como exemplo, um levantamento chileno que apontou uma efetividade de 55% da Coronavac contra a hospitalização de crianças que contraíram a doença.

A Agência por fim comunica que o Ministério da Saúde ainda não estabeleceu um prazo para o início da utilização da vacina.

Agência Brasil.

Facebook
Indicado para você
Veja também