Viagora

Abicab aponta que consumo de chocolate pode ser benéfico aos dentes

Conforme a Abicab, o cacau precisa ser consumido em pequenas quantidades.

Nesta quinta-feira (07) é comemorado o Dia Mundial do Chocolate, o doce mais consumido do mundo. Essa iguaria pode gerar dúvidas sobre benefícios e malefícios à saúde bucal.

De acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Chocolates, Amendoim e Balas (Abicab), a produção dos derivados do cacau no Brasil aumentou 35% no comparativo entre 2020 e 2021, refletindo o maior consumo da população. Odontólogos reforçam que a ingestão da guloseima não traz malefícios, se feita a higiene adequada e moderação quando degustadas. 

O cirurgião-dentista da UNISSAU de Teresina, Sérgio Pires, destaca que a escolha da porcentagem de cacau no chocolate tem conexão com a saúde bucal, sempre observando a quantidade ingerida. “De fato, açúcar é um inimigo poderoso contra o bem-estar do corpo em geral. Mas é na boca onde os primeiros sintomas podem aparecer, como a cárie. Por isso, fugir do exagero, da frequência e dos maus cuidados com a limpeza de toda a região após o consumo é a melhor alternativa para quem procura uma degustação sadia. Afinal, todos nós procuramos na boa alimentação o prazer do paladar. E é possível, basta se adaptar”, destacou.

Sérgio Pires também relata que segundo pesquisas realizadas por universidades japoneses, o extrato do cacau tem agentes anticariogênicos, ou seja, substâncias capazes de reduzir a incidência ou aparecimento de cáries. “Um grande mal da saúde humana é a falta de informação. Por exemplo, alguns pais ou responsáveis restringem suas crianças contra consumo de chocolates. Possivelmente, essa criança vai comer escondido e em altas quantidades. Por isso, ensinar os pequenos a escolher melhor o que consumir traz muitos benefícios à saúde da boca. Então, ofereça chocolates com concentração acima dos 60%. Acostume o paladar, controle a quantidade e estará tudo bem. Com higiene bucal adequada e preferência por maior concentração de cacau, é possível ter dentes saudáveis comendo chocolate”, relatou.

Conforme a Abicab, o cacau precisa ser consumido em pequenas quantidades. Aliando com uma boa alimentação e de visitas regulares ao dentista, higiene pós-refeições é essencial para a manutenção da saúde bucal e do organismo. Caso não haja escovação, pode provacar mau hálito, cáries, dor, entre muitos outros sintomas de doenças bucais.

Mais conteúdo sobre:

Teresina

Piauí

Facebook
Indicado para você
Veja também