Viagora

OAB-PI solicita mudanças estruturais na Central de Flagrantes de Teresina

Integrantes da Ordem estiveram na delegacia nessa quarta-feira (06) e apresentaram sugestões.

Nessa quarta-feira (06), integrantes da Ordem dos Advogados do Brasil - Secção Piauí (OAB-PI), estiveram na Central de Flagrante de Teresina, órgão vinculado à Polícia Civil do Estado. Os representantes tiveram acesso às instalações físicas da Central e aos sistemas de funcionamento, e apresentaram sugestões de mudanças estruturais para a garantir bom atendimento aos advogados.

Estavam presentes na reunião a presidente em exercício da OAB, Daniela Freitas, a Coordenadora-adjunta da vice-presidência, Vanessa Soares, o presidente da Comissão Estadual de Direito das Prerrogativas, Albelar Prado e o membro da Comissão Nacional de Prerrogativas, Francisco Silva.

Foto: Luis Marcos/ ViagoraCentral de Flagrantes de Teresina
Central de Flagrantes de Teresina

A presidente Daniela Freitas, afirmou que os membros das Comissões Temáticas de Direito das Prorrogativas, Segurança Pública, Previdenciário e Direitos Humanos vão analisar uma portaria do executivo estadual que regulamenta o acesso de advogados (as) ao estabelecimento.

“Essas Comissões vão analisar o teor da portaria para fazer sugestões nos casos que ferem as prerrogativas da advocacia. Neste primeiro encontro, a OAB sugeriu, inicialmente, a adequação da sala de parlatório para garantia da entrevista reservada do advogado (a) com o seu cliente”, disse Daniela Freitas.

O coordenador da central de Flagrantes, o delegado Diego Pascoal, frisou que as observações feitas pela OAB-PI serão avaliadas.

“Aprecio o bom relacionamento entre as instituições e os colegas que trabalham no mesmo ambiente. É importante a sala da OAB dentro da central de flagrante, exatamente para mantermos esse diálogo. Estamos em parceria e trabalhando para manter o ambiente de trabalho melhor possível”, disse

Facebook
Indicado para você
Veja também