Viagora

Homem é condenado a 22 anos de prisão por homicídio em Baixa Grande do Ribeiro

O julgamento aconteceu na última quinta-feira dia 7 de dezembro. A denúncia foi assinada pelo promotor de Justiça Edgar Bandeira.

A Promotoria de Justiça de Ribeiro Gonçalves, atuou na condenação de Jhon Lennon dos Santos Abreu pelo homicídio de David de Moura do Carmo e pela tentativa de homicídio contra Érika Alves de Sousa Ferreira. A pena do réu foi fixada em 22 anos e nove meses de reclusão. O julgamento ocorreu nessa quinta-feira, 07 de dezembro.

O promotor de Justiça Assuero Stevenson representou o MPPI perante o Júri realizado. A denúncia foi assinada pelo promotor de Justiça Edgar Bandeira.

O conselho de sentença acatou a tese apresentada pelo Ministério Público de homicídio qualificado, por motivo fútil, conforme tipifica o artigo 121, parágrafo segundo, inciso quarto do Codigo Penal; e tentativa de homicídio, segundo o prescrito no artigo 121, combinado com o artigo 14, inciso segundo, do Código Penal.

O crime ocorreu em 2018, no povoado Retiro, no município de Baixa Grande do Ribeiro. A cidade é termo judiciário da comarca de Ribeiro Gonçalves. Jhon Lennon efetuou disparos contra David em um bar da localidade.

A vítima ainda tentou escapar dos tiros, mas não conseguiu. O acusado continuou a efetuar disparos. Érika foi atingida no pescoço. Ela não morreu porque foi socorrida.

Facebook
Indicado para você
Veja também