Viagora

COE autoriza retorno das aulas 100% presenciais no Piauí

Segundo o Comitê, a medida abrange as aulas desde a pré-escola até a pós-graduação nas redes públicas e privadas de ensino no estado.

Nesta quarta-feira (12), o Governo do Estado, por meio do Comitê de Operações Emergenciais (COE) aprovou o protocolo que trata sobre a retomada das aulas presenciais com adoção das medidas sanitárias para contenção do coronavírus nas redes públicas e privadas de ensino no Piauí.

De acordo com o COE, a medida abrange as aulas presenciais de níveis que vão desde a pré-escola até a pós-graduação.

  • Foto: Governo do PiauíReunião do Comitê de Operações Emergenciais (COE).Reunião do Comitê de Operações Emergenciais (COE).

Segundo o Comitê, com o retorno das aulas nessas instituições de ensino os professores, demais trabalhadores e alunos deverão obrigatoriamente apresentar comprovante de vacinação contra a Covid-19.

Ainda de acordo com o Cimitê, os alunos que não foram imunizados por estarem incluidos no grupo contemplado pelo calendário vacinal do Programa Nacional de Imunização (PNI) são uma exceção para esta medida.

O COE informou que uma nota técnica está sendo produzida com as medidas de segurança e acolhimento dos estudantes e professores para inicio do ano letivo de 2022 e será divulgada pela Sesapi/Divisa com anuência do COE. O documento complementa as medidas do Protocolo Específico nº 001/2021 que ainda está em vigência.

A diretora de Vigilância Sanitária, Tatiana Chaves explicou que mesmo com o retorno 100% presencial das aulas nas redes de ensino, estas instituições também podem adotar o formato híbrido.

“Esse retorno das aulas podem funcionar no sistema híbrido/rodízio e/ou ensino à distância (remoto) para os casos excepcionais", explica a gestora.

O secretário de Saúde, Florentino Neto, ressaltou a importância das medidas de proteção contra o vírus estabelecidas pela Vigilância Sanitária Estadual, como uso de máscara e álcool em gel.

“Lembrando que devemos manter a proteção individual como o uso de máscaras em crianças a partir de dois anos de idade; distanciamento físico e higienização frequente das mãos”, afirmou.

Precaução

Nesta quarta-feira (12), o secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto, informou que está cumprindo isolamento domiciliar voluntário após manter contato com uma pessoa que testou positivo para o novo coronavírus.

Facebook
Indicado para você
Veja também