Viagora

Chef é suspeito de matar e retirar órgãos da namorada na Eslováquia

O homem foi preso na última sexta-feira (05), sob suspeita de ter assassinado a própria namorada em Bratislava.

Nessa última sexta-feira (05), um chef de cozinha identificado como Jozef Hanuska, de 47 anos, foi detido sob suspeita de ter assassinado namorada, de 48 anos, em Bratislava, na Eslováquia.

Segundo informações dos meios de comunicação locais, Jozef Hanuska teria feito a abertura do corpo da vítima, o corpo foi encontrado com cortes no pescoço, bochechas e coxa, além do peito aberto.

Ainda conforme a imprensa local, em buscas realizadas pela polícia, um balde com vários órgãos da vítima foi localizado próximo à cama, também havia um pedaço da perna e o coração estava no chão. Um cobertor cobria o corpo da vítima e o autor do crime ainda deixou um passaporte britânica sobre o tecido.

Além disso, o chef de cozinha foi  encontrado escondido no porão de outra residência, situada no mesmo bairro. A emissora eslovaca Noviny informou que o suspeito é filho de Stefan Pantl, apelidado de "Estrangulador de Bratislava", que acusado de cometer dois assassinatos após ser rejeitado em avanços sexuais. Stefan Pantl foi condenado à pena de morte e executado em 1979.

Com informações de Mundo ao Minuto

Mais conteúdo sobre:

Morte

suspeito

Homicídio

Facebook
Indicado para você
Veja também