Viagora

Wellington passa presidência do Consórcio Nordeste para Paulo Câmara

No seu discurso na solenidade de posse de Paulo Câmara, o governador do Piauí entregou um relatório com o balanço das ações do Consórcio NE.

O governador Wellington Dias passou nesta terça-feira (18), a presidência do Consórcio Nordeste ao governador de Pernambuco, Paulo Câmara. A solenidade foi realizada em Recife, no Salão das Bandeiras, Palácio do Campo das Princesas.

Wellington Dias foi eleito presidente do Consórcio em setembro de 2020, em substituição ao governador da Bahia, Rui Costa. No seu discurso na solenidade de posse de Paulo Câmara, o governador do Piauí entregou um relatório com o balanço das ações do Consórcio NE.

“Pelo Consórcio Nordeste foi possível uma integração com consórcios de outras regiões, como a Amazônia e Centro-Oeste. Consolidamos a nossa sede na capital federal e fortalecemos ações para a saúde, principalmente, com o desafio da Covid-19. Felizmente, muitas ações colocaram o Nordeste num nível menor de casos e óbitos”, disse.

Antes de declarar empossado o novo presidente do Consórcio, Governador do Piauí falou também sobre os principais desafios. “Hoje, o Consórcio é a principal política de inovação neste começo de século para a nossa região. É um instrumento extraordinário que nos permite obter bons resultados, independente das disputas políticas e da posição dos partidos. Com muita alegria vi por unanimidade a eleição do Paulo Câmara, que está sempre presente nas ações do Consórcio Nordeste e agora tem a responsabilidade da condução dos trabalhos. Estou satisfeito com o desempenho do Consórcio e certo de que avançaremos muito mais”, concluiu Wellington Dias.

Para Paulo Câmara, a principal característica do Consórcio é a capacidade de dialogar abertamente com cada estado, poderes e sociedade. 

Consórcio Nordeste

O Consórcio foi criado em 2019 para ser o instrumento jurídico, político e econômico de integração dos nove estados da região Nordeste do Brasil, um território de desenvolvimento sustentável e solidário com iniciativa de atrair investimentos e alavancar projetos de forma integrada, constituindo-se, ao mesmo tempo, como uma ferramenta de gestão criada e à disposição dos seus entes consorciados, e como um articulador de pactos de governança. Dentre as possibilidades abertas com a criação do Consórcio estão a realização de compras conjuntas, a implementação integrada de políticas públicas e a busca por cooperação, também em nível internacional.

Com informações do Governo do Piauí.

Mais conteúdo sobre:

Wellington Dias

Governo do Piauí

Facebook
Indicado para você
Veja também