Política

“A princípio sou contra”, diz Gustavo Neiva sobre comprovante de vacina

O deputado falou sobre o projeto que propõe a exigência do comprovante da vacina contra a Covid-19 para acesso do público aos estabelecimentos.
16/09/2021 17h15

O deputado estadual Gustavo Neiva (PSB) falou ao Viagora sobre o projeto de Lei apresentado pelo deputado Franzé Silva (PT), o qual propõe a exigência do comprovante da vacina contra a Covid-19 para acesso do público aos estabelecimentos.

O projeto, que segue sendo analisado pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), prevê que estabelecimentos como bares, academias, restaurantes, casas de show e cinemas estabeleçam o comprovante de vacinação como medida de controle sanitário.

  • Foto: Luis Marcos/ ViagoraDeputado Gustavo NeivaDeputado Gustavo Neiva

Gustavo Neiva destaca que nem todas as pessoas tiveram a chance de receber as duas doses da vacina contra a doença, segundo ele, tendo em vista esse fato é impossível exigir um comprovante.

“É um projeto polêmico, eu acho que nem todos tiveram a oportunidade ainda de tomar a vacina, ainda tá na faixa de adolescentes, então para gente exigir isso, a gente tem que primeiro dar oportunidade a toda a sociedade de ter um acesso a vacina tomar as duas doses para que a partir daí possa exigir um comprovante desses”, pontuou.

O deputado declara que nesse primeiro momento é contra a proposta, e destaca que só se pode pedir algo assim da sociedade, se a vacinação for disponibilizada para todos.

“O projeto ainda vai pra votação, a princípio eu sou contra. Em linhas gerais, a gente só pode exigir alguma coisa da sociedade, se a gente disponibilizar esse algo para a sociedade, então se por enquanto toda a sociedade não tiver o direito ainda de se vacinar, nós não podemos exigir que ele apresente o comprovante”, ressaltou.

Mais na Web