Polícia

Advogado acusado de estuprar mulher é réu por morte de cabo em Picos

O advogado é acusado de matar um cabo do Exército no bairro Paraibinha (Cohab), na cidade de Picos, em 2010.
15/07/2021 14h00 - atualizado

O advogado preso nesta quinta-feira, 15 de julho, acusado de estuprar uma mulher dentro de seu apartamento na zona Leste de Teresina, já é réu na Justiça por outro crime. Ele é acusado de matar um cabo do Exército em Picos, no ano de 2010.

Conforme denúncia do Ministério Público do Piauí, no dia 25 de abril de 2010, o advogado, identificado como Jefferson, teria atirado contra Arione de 23 anos, cabo do 3º Batalhão de Engenharia de Construção (BEC). O militar foi alvejado no tórax e não resistiu, vindo a óbito. O crime teria acontecido na calçada da residência da vítima, localizada no bairro Paraibinha (Cohab).

O advogado chegou a ser preso, porém, foi solto no ano seguinte e conseguiu um habeas corpus para não retornar ao cárcere. No ano de 2014, o MP chegou a pedir à Justiça a prisão preventiva dele, mas a juíza Nilcimar R. de A. Carvalhou negou o pedido.

No entanto, após mais de 11 anos do crime, a ação penal que tramita na 5ª Vara da Comarca de Picos ainda não foi julgada.

Mais na Web