Esportes

Atacante Deivid é recebido pela torcida do Coritiba e quer vaga na Libertadores

Jogador desembarca na capital paranaense durante a manhã de terça para assinar contrato.
    05/09/2012 01h17

    Deivid já começou a sua ambientação no Coritiba. O atacante desembarcou em Curitiba na manhã desta terça-feira e foi direto para o estádio Couto Pereira para conversar com a imprensa, conhecer as instalações alviverdes e assinar o contrato. A pressa pela estreia do novo camisa nove é visível. A diretoria do Coritiba já pediu para entrar com pedido de inscrição no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF. Se for inscrito até o final do dia, pode entrar em campo contra a Portuguesa, na quarta-feira. A tendência é que entre em campo contra o Flamengo, seu ex-clube, no sábado, em Curitiba.

    Imagem: ReproduçãoDeivid é recebido pela torcida do Coritiba no Couto Pereira(Imagem:Reprodução)Deivid é recebido pela torcida do Coritiba no Couto Pereira

    Após Deivid terminar os exames médicos e todo o processo burocrático, embarca imediatamente para Atibaia, no interior paulista, e se junta ao grupo coxa-branca. Além dele, a expectativa é que o peruano Ruidíaz também faça sua estreia.

    A nova contratação alviverde foi recebida no Couto Pereira por um grupo de 20 torcedores, que soltaram fogos de artifício, sinalizadores e cumprimentaram Deivid. Além do apoio da torcida, o jogador posou para fotos com o presidente Vilson Ribeiro de Andrade.

    Imagem: ReproduçãoDeivid já garantiu a camisa nove do Coritiba (Imagem:Reprodução)Deivid já garantiu a camisa nove do Coritiba

    Assediado por várias equipes, após se desligar do Flamengo, Deivid diz que um projeto grande foi apresentado para ele no Coritiba, motivo suficiente para o convencer. Com 32 anos e um contrato até abril de 2015, o atacante pode até se despedir no Couto Pereira.

    - Tive algumas propostas de times de São Paulo e do Rio e optei pelo Coritiba pela grandeza do clube. Chego com o intuito de poder ajudar a conquistar, com responsabilidade e espero ganhar títulos. Não quero ter uma passagem apagada. Vim para vencer. Não podemos ter dois títulos disputados em casa, na Copa do Brasil, e perder.

    A posição do Coritiba não é a mais confortável no Campeonato Brasileiro, brigando para fugir da zona do rebaixamento - está em 16ª , com 22 pontos. Mesmo assim, Deivid ainda acredita em uma classificação coxa-branca para a Taça Libertadores da América do ano que vem.

    - O projeto é tentar botar o clube na Libertadores. Acho que tem condição ainda no Brasileiro. Quando fui campeão pelo Santos, a gente estava em penúltimo e passamos o Atlético-PR na penúltima rodada e fomos campeões. Tem que acreditar. mentalizar e tornar real. Faz tempo que o clube não ganha um campeonato de expressão, só no regional. É muito pouco pela grandeza do clube.


    Mais na Web