Geral

Covid-19: Baixada Santista vai fechar praias no Réveillon

A ideia é de evitar aglomeração e, ao mesmo tempo, impedir a disseminação do novo coronavírus. O comunicado foi feito pelo presidente do Condesb, Paulo Alexandre, também prefeito de Santos.
23/12/2020 16h33 - atualizado

Nove cidades da Baixada Santista, terão as praias fechadas entre os dias 31 de dezembro e 1º de janeiro. O anúncio foi feito nesta quarta-feira (23). A ideia é de evitar aglomeração e, ao mesmo tempo, impedir a disseminação do novo coronavírus.

O comunicado foi feito pelo presidente do Conselho de Desenvolvimento Metropolitano da Baixada Santista (Condesb), Paulo Alexandre Alexandre, que também é prefeito de Santos. O grupo representa os municípios de Santos, São Vicente, Guarujá, Praia Grande, Bertioga, Cubatão, Itanhaém, Peruíbe e Mongaguá.

Alexandre explicou que a atribuição de manter banhistas longe da areia é do Estado de São Paulo, juntamente com fiscais da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), nesse período de Révillion.

O presidente do Condesb também explicou que as nove cidades também adotarão medidas para impedir a chegada de turistas que fazem o chamado "bate e volta" para o litoral. Será proibido vans e ônibus de turismo em toda a região, que levar “turistas de um dia”.

Ainda segundo Alexandre, os hotéis vão funcionar normalmente, com respeito ao limite de capacidade, por serem serviço essencial e, por já terem reservas feitas e planejamento estabelecido.

Mais conteúdo sobre:

Mais na Web