Piauí

Equatorial Piauí faz alerta para cuidados com queimadas

O segundo semestre do ano costuma ser o mais quente no estado propiciando aumento das queimadas e incêndios.
  • NATHALIA CARVALHO
20/08/2019 15h00 - atualizado

O período mais quente do ano se aproxima no Piauí e os focos de queimadas tendem a aumentar neste segundo semestre, visto que as chuvas tendem a diminuir propiciando ainda mais incêndios no estado.

De acordo com um levantamento do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), foram detectados no estado piauiense somente no mês de julho 561 focos de incêndio, sendo que no ano passado o número foi de 1067 pontos ativos no mesmo mês. Ainda faltam dez dias para o fim de agosto e o estado já contabiliza 804 focos de queimadas.

  • Foto: DivulgaçãoRisco de queimadas aumenta no segundo semestre.Risco de queimadas aumenta no segundo semestre.

A Equatorial Piauí divulgou dados informando que no ano passado a empresa realizou o atendimento de 508 ocorrências referente a queimadas iniciadas próximas à redes elétricas, chegando a prejudicar 44 mil clientes com interrupções causadas pelo fogo nas proximidades das instalações. O eletrotécnico e consultor da Equatorial, Gilvan Monteiro, reforça que as queimadas prejudicam diretamente as estruturas (postes e cabos) que ajudam no fornecimento de energia.  “O calor que emana das queimadas pode danificar cabos, estruturas de rede, causando curtos-circuitos e prejudicando o fornecimento de energia em diversas regiões (rurais e urbanas) podendo atingir escolas, hospitais, além de prejudicar a saúde da população da região atingida.’’ Destaca.

A população pode ajudar no combate à queimadas e focos de incêndios acionando o Corpo de Bombeiros do Piauí, através do telefone 193 ou entrando em contato com a Equatorial pelo número 0800 086 0800.

Mais na Web