Piauí

Escolas da rede estadual iniciam ano letivo de forma remota no Piauí

Conforme a diretora do Centro de Educação de Tempo Integral, no formato remoto, os estudantes terão o acompanhamento pedagógico pelas plataformas digitais ao vivo.
  • LAÍS VITÓRIA
02/02/2021 12h28 - atualizado

Teve início nessa segunda-feira (01), de forma virtual, o ano letivo nas escolas que ofertam o Ensino Fundamental, o Ensino Médio, Educação Profissional e a Educação de Jovens e Adultos (EJA) na Rede Estadual de Ensino do Piauí.

Seguindo a orientação da Secretaria de Estado da Educação (Seduc) para o início do semestre letivo no formato exclusivamente remoto, o Centro de Educação de Tempo Integral (Ceti) Francisca Pereira de Sousa Morais, localizado no município de Fronteiras, realizou a acolhida dos alunos pela plataforma Google Meet.

A escola reuniu coordenadores, professores e os 143 alunos para apresentar os projetos desenvolvidos no Ceti e o funcionamento referente às atividades de ensino remoto. A diretora do centro, Marilene Carvalho, contou que a escola programou atividades às sextas-feiras com palestras de diversos temas, bem como aulões voltados ao Enem.

“O último ano foi bem desafiador e este 2021 não será diferente, mas para o retorno das aulas remotas estamos com o nosso horário organizado no qual os professores irão trabalhar com os alunos nas diversas plataformas durante um turno, com reforço virtual e presencial. A escola programou atividades às sextas-feiras com palestras ligadas aos temas de saúde, educação, bem como aulões voltados ao Enem”, explicou a diretora.

De acordo com Marilene, no formato remoto, os estudantes terão o acompanhamento pedagógico pelas plataformas digitais ao vivo no turno da manhã. Serão realizadas atividades nos grupos de sala de aula, atendimento via grupos no aplicativo WhatsApp no período da tarde, além da distribuição do material impresso.

“Será disponibilizado ainda o plantão dos professores por área do conhecimento. Para aqueles estudantes que não conseguiram resolver suas dúvidas nas aulas no formato online, serão agendados horários junto ao professor para estes alunos resolverem todas as dúvidas em relação ao conteúdo”, explicou Marilene.

A Seduc deu início ao planejamento letivo por meio do programa “Juntos para Avançar” com diversas ações para garantir o suporte aos alunos, explicou a diretora da Unidade de Ensino e Aprendizagem da Seduc, Maria José Mendes Neta.

“O planejamento da secretaria envolve os eixos de formação, currículo e avaliação para resgatar a aprendizagem destes alunos. As estratégias, previstas para finalizar em abril com a avaliação diagnóstica, foram pensadas para priorizar o ensino curricular olhando para habilidades essenciais e para que o aluno possa ter de fato o resgate com o aprofundamento da aprendizagem”, pontuou a diretora.

Ainda no mês de janeiro, a Seduc realizou encontros para repassar todas as informações às Gerências Regionais (GREs), gestores escolares e professores de como serão realizadas as atividades pedagógicas para este ano.

O encontro, por meio do Canal Educação, buscou junto aos gestores planejar as atividades escolares com o olhar direcionado para os resultados da aprendizagem dos estudantes em todos os componentes curriculares.

“A Seduc tem a preocupação com todos os alunos, principalmente, aqueles que não tiveram acesso. Uma estratégia é o plano de busca ativa com as nossas escolas, as Gerências Regionais e todos que fazem a rede estão no trabalho incessante de resgatar os alunos. Outra estratégia utilizada é a entrega dos chips aos estudantes que garante o acesso aos conteúdos e contatos junto aos professores, reforçando que a educação não pode parar”, afirmou Maria José.

Mais na Web