Saúde

EUA admitem 6 reações alérgicas graves após vacina da Pfizer

O representante do CDC, Tom Clark, afirmou que alguns casos são referentes a pessoas no Alasca, mas há registros de problemas também em outros estados norte-americanos.
21/12/2020 15h34 - atualizado

A vacinação contra a Covid-19, nos Estados Unidos, apresentou casos de efeitos adversos após menos de uma semana do início de sua aplicação.

O Centro para Controle e Prevenção de Doenças (CDC) confirmou, no último sábado (19), o fato de seis pessoas apresentarem reação alérgica grave, após o recebimento do imunizante produzido pela Pfizer em parceria com a BioNTech.

O representante do CDC, Tom Clark, afirmou que alguns casos são referentes a pessoas no Alasca, mas há registros de problemas também em outros estados norte-americanos.

Devido à reação, o representante, confirmou a internação de algumas pessoas que foram imunizadas contra o novo coronavírus. Segundo ele, todos são menores de 65 anos, ou seja, fora do grupo de risco da doença pelo fator idade.

De acordo com os dados oficiais, do CDC, mais de 112 mil pessoas tinham sido vacinadas até a noite de sábado (19). Desse grupo, cerca de 3 mil apresentaram efeitos considerados leves após a imunização.

Mais na Web