Piauí

Francisco Limma acredita na mudança de decisão de inelegibilidade

O deputado estadual disse que está tranquilo quanto à sentença da Justiça Eleitoral que o declarou inelegível por oito anos.
17/01/2019 15h00 - atualizado

O deputado estadual Francisco Limma (PT) disse que está tranquilo quanto à sentença da Justiça Eleitoral que o declarou inelegível por oito anos. Ele concedeu entrevista à TV Cidade Verde na tarde desta quinta-feira (17).

  • Foto: Hélio Alef/ViagoraDeputado Estadual Francisco Limma (PT)Deputado Estadual Francisco Limma (PT).

O juiz Maurício Machado Queiroz Ribeiro expediu decisão na última terça-feira (15)/ reconhecendo prática de abuso de poder político e econômico em decorrência do uso da máquina estadual para favorecer candidaturas em 2016, na época em que Limma era secretário de Desenvolvimento Rural.

“Eu fiquei surpreso. O juiz pediu informações quando eu era gestor e nós prontamente atendemos as informações. Na verdade é um projeto que julga suposto abuso de poder político e econômico do prefeito Gil Carlos (de São João do Piauí) e termina nos colocando, e nem votado lá eu sou”, disse.

Francisco Limma se mostra confiante de que não houve ilegalidade. “Trata-se de um convênio de uma comunidade rural que foi celebrado no dia 15 de junho, onde a primeira parcela do convênio foi transferida no dia 01º de julho e a lei eleitoral só veda a transferência de recursos voluntária a partir do dia 03 de julho. Portanto, o convênio tem toda a cobertura legal”, garantiu.

Para o deputado, a sentença será modificada pelo Tribunal Regional Eleitoral após recurso. “A minha assessoria jurídica já está cuidando e nós acreditamos perfeitamente que a sentença será reformulada. Nesse ponto de vista, estou muito tranquilo, a minha assessoria jurídica muito tranquila, e acredito que a sentença será reformulada pelo TRE. O TRE sempre tem tido essa postura de ser justo”, pontuou.

Por fim, Limma esclarece que referida decisão “não mexe com o mandato atual e nem com o que vai iniciar”.

Mais na Web