Política

Georgiano Neto afirma que permanecerá na base de Wellington Dias

O deputado estadual destacou que a estratégia da sigla para as eleições de 2022 já está sendo traçada a partir da formação de chapas proporcionais.
08/11/2021 20h00 - atualizado

Na manhã desta segunda-feira (08), o Deputado estadual Georgiano Neto, analisou a situação do PSD para as eleições de 2022 e afirmou que permanecerá na base aliada ao governador do Piauí Wellington Dias.

O deputado estadual destacou que a estratégia da sigla para as eleições de 2022 já está sendo traçada. Segundo Georgiano Neto o partido está se preparando para as disputas eleitorais a partir da formação de chapas proporcionais para cenário estadual e Federal. Além disso, ele afirmou que o PSD tem a expectativa de conquistar, no pior cenário, cerca de quatro vagas estaduais na Assembleia Legislativa do Piauí (ALEPI), no período de 2023.

  • Foto: Luis Marcos/ ViagoraDeputado Georgiano NetoDeputado Georgiano Neto

“O PSD está se preparando para 2022 formando chapas proporcionais tanto para Deputado Estadual quanto para Federal muito competitiva. A expectativa é que nós mantenhamos, no pior cenário, a vaga na Câmara dos deputados que nós temos hoje, saindo de no mínimo um para quatro estaduais na Assembleia Legislativa a partir de 2023, esse é o nosso esforço, é o nosso trabalho e claro sempre buscando vaga na chapa majoritária”, explica Georgiano Neto.

Gerogiano Neto também afirmou que permanecerá na base aliada do governador estadual Wellington Dias, ele disse que mantém um relacionado bom com o governador e o secretário de Fazenda do estado Rafael Fonteles, possível pré-candidato ao governo estadual para as eleições de 2022. Além disso, ele busca também integrar a chapa majoritária do partido.

“No momento nos trabalhamos para permanecer na base do Governo temos tido o melhor relacionamento com o secretário de Fazenda Rafael Fonteles e com o próprio governador Wellington Dias e a nossa preferência é permanecer na base do governo, mas buscando sempre a participação na chapa majoritária”, finaliza o deputado estadual.

Mais na Web