Política

Iracema Portella gastou R$ 100 mil em apenas um mês de 2017

Geralmente os gastos dos parlamentares piauienses não passam de R$ 50 mil por mês, enquanto o de Iracema é mais que o dobro da média.
  • VITOR FERNANDES
14/01/2018 17h58 - atualizado

A deputada federal Iracema Portella (Progressistas) gastou R$ 103 mil de cota parlamentar somente no mês de setembro de 2017. Geralmente os gastos dos parlamentares piauienses não passam de R$ 50 mil por mês, enquanto o de Iracema é mais que o dobro da média.

No mês mais caro para a deputada, houve gastos principalmente com divulgação de atividade parlamentar (R$ 34,6 mil), locação ou fretamento de aeronaves (R$ 31 mil) e com consultorias e pesquisas (R$ 16,6 mil).

  • Foto: AscomDeputada Federal Iracema Portella (PP-PI)Deputada Federal Iracema Portella (PP-PI)

Dos valores de divulgação de atividade parlamentar, R$ 30,6 mil foi utilizado com um única empresa: a Continental Editora e Gráfica, empresa de Brasília. Esses recursos foram usados para a publicação impressa da atividade política de Iracema Portella. Foram contratadas trinta mil unidades desse serviço.

Já os valores usados em locação ou fretamento de aeronaves, foram usados somente em dois percursos: Teresina/Valença/Teresina e Teresina/Avelino Lopes/Teresina.

A deputada ultrapassou os R$ 450 mil de cota parlamentar gastos no ano passado. Os recursos utilizados por ela são públicos e servem para custear as despesas do mandato que exerce.

Mais na Web