Piauí

Justiça determina interdição do Museu do Piauí em Teresina

Na decisão, o juiz destacou que foi constatado que no local não há um plano de prevenção contra incêndios, além de não possuir infraestrutura para receber pessoas com de deficiência.
03/02/2021 09h11 - atualizado

Após pedido liminar do Ministério Público do Piauí (MPPI), o juiz 2ª Vara dos Feitos da Fazenda Pública da Comarca de Teresina, João Gabriel Furtado Baptista, determinou a interdição do Museu do Piauí, localizado no Centro de Teresina, nessa segunda-feira (01).

O magistrado deferiu o pedido feito pelo MPPI que alega irregularidades em relação a segurança do museu. Na decisão, o juiz destacou que os representantes do MP constaram que no local não há um plano de prevenção contra incêndios, além de não possuir infraestrutura para receber pessoas com de deficiência.

  • Foto: Divulgação/Governo do EstadoMuseu do Piauí é realiza programação para comemorar o Dia do Folclore.Museu do Piauí

Foi constatado ainda, em relatórios de vistorias do Corpo de Bombeiros, que no Museu do Piauí há “profundas irregularidades”. A ação foi ingressada pela promotora Gianny Vieira de Carvalho, foi solicitado a interdição do local até que o Corpo de Bombeiros não constatar irregularidades no local.

Na ação, a promotora pede ainda que seja apresentado no prazo de 30 dias um projeto de implantação e adoção de medidas de prevenção e combate a incêndios, pede ainda que seja apresentado um cronograma e orçamento para a implantação e execução da obra do prazo de 10 meses.

Outro lado

A Secretaria de Estado da Cultura (Secult),  divulgou que em breve irá se posicionar sobre a medida.

Mais na Web