Piauí

Maternidade Santa Fé é multada por funcionar sem licença em Teresina

O estabelecimento terá 120 dias para realizar as adequações no processo de licenciamento, sob pena de embargo total das atividades.
15/02/2021 16h46 - atualizado

A Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (SEMAM) notificou e multou em R$ 200 mil, a clínica e Maternidade Santa Fé, por irregularidades ambientais.

Segundo a SEMAM, o estabelecimento já foi notificado diversas vezes, inclusive pelo Ministério Público do Piauí (MPPI) ao longo dos últimos 4 anos, ela funciona sem licença de operação desde 2017.

A clínica terá agora 120 dias para que realize as devidas adequações no processo de licenciamento, a correta disposição de resíduos gerados, sob pena de embargo total das atividades.

Ainda de acordo com a SEMAM, após o prazo estipulado será realizado uma nova vistoria para se verificar a disposição dos resíduos e caso a equipe técnica constate permanência das irregularidades, o MPPI será oficializado para manifestação e providências.

A secretária Elisabeth Sá disse que a clínica e maternidade já abriu um processo de licenciamento ambiental, mas precisa se regularizar.

“Por se tratar de um serviço essencial e que atende a milhares de famílias, o local foi notificado e multado por reincidência. A clínica e maternidade já abriu um processo de licenciamento ambiental, mas precisa se regularizar”, explicou a secretária.

Outro lado

O Viagora  procurou a direção da maternidade para falar sobre o assunto, mas até o fechamento da matéria não obtivemos resposta.

Mais na Web