Piauí

MP cobra explicação a Sefaz por atraso de repasses ao Iaspi/Plamta

Um ofício solicitando os esclarecimentos foi enviado pelo promotor de Justiça Fernando Ferreira, nessa quinta-feira (22). O secretário Rafael Fonteles tem cinco dias para se pronunciar sobre o caso.
24/11/2018 08h18 - atualizado

O promotor de Justiça, Fernando Ferreira dos Santos, enviou nessa quinta-feira (22), um ofício ao secretário de Estado da Fazenda (Sefaz), Rafael Fonteles, pedindo esclarecimentos a respeito de atrasos no repasse do pagamento para a rede de hospitais e clínicas credenciadas no IASPI/PLAMTA.

  • Foto: CCOMRafael FontelesRafael Fonteles

A decisão de cobrar explicações sobre o atraso partiu do Ministério Público, após o órgão ser informado através do Sindicato dos Hospitais e Clínicas do Piauí (Sindhospi) que a Sefaz voltou a atrasar o pagamento, desta vez, referente ao mês de agosto deste ano.

O promotor também relatou através do ofício, que outros atrasos foram constatados durante audiência realizada pela 44ª Promotoria de Justiça no dia 5 de novembro deste ano, na qual a diretoria-geral do IASPI declarou que “os valores referentes ao mês de julho não foram totalmente transferidos para a conta do IASPI/PLAMTA”.

Fernando Ferreira dos Santos relatou que o caso pode se configurar como ato de improbidade administrativa e crime de emprego irregular de verbas ou rendas públicas por parte de Rafael Fonteles.

Outro lado

O Viagora procurou o secretário Rafael Fonteles para falar sobre o assunto, e através da assessoria de comunicação ele informou que a Sefaz não foi notificada.

Mais na Web