Polícia

Operação do Gaeco prende prefeito Walter Alencar e esposa

Segundo o MP-PI, foram encontradas mercadorias que, supostamente, teriam a finalidade de comprar votos de eleitores na residência do casal.
08/10/2020 11h12 - atualizado

O prefeito de Agricolândia, Walter Alencar, e sua esposa, candidata a prefeita do município de Lagoinha do Piauí, Kelly Alencar, foram presos em flagrante por crime eleitoral e conduzidos à Delegacia Regional de Água Branca na manhã desta quinta-feira (8).

Segundo informações do Ministério Público, durante as buscas realizadas na residência do casal, foram encontradas mercadorias que, supostamente, teriam a finalidade de comprar votos de eleitores. A operação IBI CLAUSUS foi deflagradapelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) em parceria com a Polícia Civil.

  • Foto: Reprodução/FacebookWalter Alencar e Kelly AlencarWalter Alencar e Kelly Alencar

O promotor de Justiça, Mário Normando, confirmou a prisão de Walter Alencar e Kelly Alencar, e informou ainda que foi apreendida uma lista com nome de eleitores e as vantagens indevidas que estes receberiam em troca do voto.

Mais na Web