Política

“Peço desculpas por não ter avançado em todas as áreas”, diz Firmino

Em entrevista ao Viagora, o tucano fez uma avaliação sobre a sua administração na Prefeitura de Teresina.
30/12/2020 13h56 - atualizado

Na manhã desta quarta-feira, 30 de dezembro, o prefeito de Teresina, Firmino Filho (PSDB), esteve no Shopping da Cidade para acompanhar a implantação da energia fotovoltaica no centro de compras.

  • Foto: Luís Marcos/ViagoraFirmino inaugura usina fotovoltaicaO prefeito Firmino Filho acompanhou a implantação da energia fotovoltaica no Shopping da Cidade.

Na ocasião, o prefeito conversou com o Viagora e fez uma avaliação do seu quarto mandato como gestor da cidade.

“Nós lutamos muito para honrar a confiança recebida do povo e somos muito gratos aos teresinenses. Nos esforçamos para dar o nosso testemunho de trabalho e solidariedade à nossa população. Tivemos muitos avanços na área da saúde, da educação, da mobilidade e infraestrutura urbana, mas ao mesmo tempo nós não conseguimos fazer tudo, então nós pedimos desculpas por não ter conseguido avançar em todas as áreas. Nós nos esforçamos e somos gratos à população de Teresina, e a gente espera que o Dr. Pessoa possa fazer uma grande gestão para Teresina, porque a cidade merece”, declarou.

Questionado se haveriam arrependimentos sobre projetos executados na sua administração, Firmino afirmou que o maior desafio da sua gestão foi o Sistema Inthegra.

“O nosso grande desafio dessa gestão, que nós não conseguimos chegar ao final, foi justamente o Inthegra, que quando nós estávamos conseguindo colocar o Inthegra para funcionar, veio a pandemia e ele parou de funcionar, trazendo uma grande crise no transporte coletivo. Acredito que essa tenha sido a nossa obra não concluída”, comentou.

  • Foto: Luís Marcos/ViagoraFirmino inaugura usina fotovoltaicaFirmino fez uma análise da sua gestão como prefeito de Teresina.

Em entrevista recente, o vereador Dudu (PT) afirmou que o prefeito teria “conseguido piorar o transporte público de Teresina”. Sobre a afirmação do parlamentar, Firmino comentou que os problemas na implantação do sistema de integração se deram devido à crise gerada pela pandemia de Covid-19.

  • Foto: Luís Marcos/ ViagoraFirmino inaugura usina fotovoltaicaFirmino inaugura usina fotovoltaica

“Nós não conseguimos implementar o Inthegra, houve a crise da Covid, que prejudicou sobremaneira o transporte coletivo, as empresas do setor como um todo quase que faliram. Isso está sendo retomado aos poucos, retomando gradativamente os serviços, mas isso ainda vai demorar um pouco”, finalizou.

Mais na Web