Polícia

PF prende candidato a vereador e mais sete pessoas em Parnaíba

Segundo a PF, o vereador e outras cinco pessoas estavam espalhando santinhos em frente a locais de votação; a PF prendeu ainda um casal com R$ 40 mil por suspeita de compra de votos.
15/11/2020 12h40

Na manhã deste domingo (15), a Polícia Federal (PF) prendeu seis pessoas, entre elas um candidato a vereador, por espalharem santinhos, e prendeu um casal com R$ 40 mil suspeito de praticar compra de votos na cidade de Parnaíba.

De acordo com informações da Polícia Federal, as seis pessoas, entre elas um candidato a vereador, foram flagradas no momento em que despejavam os santinhos de candidatos em frente a locais de votação da cidade de Parnaíba, o que é proibido por lei, com base na Justiça Eleitoral. As pessoas foram presas e em seguida liberadas. Já o candidato a vereador, que não teve o nome revelado, e a esposa, foram transferidos para o presídio.

  • Foto: Divulgação/PRFPF prende vereador e mais sete pessoas em Parnaíba por crime eleitoralPF prende vereador e mais sete pessoas em Parnaíba por crime eleitoral

Segundo a PF, ainda durante a operação, os agentes prenderam um casal que portava aquantia no valor de R$ 40 mil e material de campanha. A suspeita da Polícia Federal é que o casal estaria utilizando o dinheiro para a compra de votos.

Conforme a Polícia Federal, as ações realizadas neste domingo fazem parte da operação deflagrada nesta madrugada, a Operação “Voo da Madrugada”. Aproximadamente 30 policiais federais de Parnaíba realizam monitoramento e vigilância ambiental com drones e viaturas descaracterizadas. As diligências que se iniciaram na noite de ontem seguem durante todo o dia nos principais locais de votação.

Mais conteúdo sobre:

Mais na Web