Piauí

Piauí tem aumento de número de detentos inscritos no Enem

Foram inscritos 709 reeducandos no Exame Nacional do Ensino Médio para Pessoas Privadas de Liberdade, de 2020 (Enem PPL).
24/12/2020 17h03 - atualizado

A Secretaria de Estado da Justiça do Piauí (Sejus) escreveu 709 reeducandos no Exame Nacional do Ensino Médio para Pessoas Privadas de Liberdade, de 2020 (Enem PPL).

De acordo com a Sejus, o número foi superior aos 522 inscritos em 2019, representando um aumento de 35,8%. As provas do Enem PPL acontecem nos dias 23 e 24 de fevereiro de 2021.

Segundo a coordenadora de Ensino Prisional da Sejus, Jussyara Valente, mesmo com a pandemia do novo coronavírus, a secretaria conseguiu enfrentar desafios e facilitou o acesso à educação nas unidades penais.

Para a coordenadora, o resultado engrandece e fortalece o compromisso da Sejus com a educação e reinserção social. Ainda segundo ela, foi possível ofertar atividades remotas em parte das penitenciárias do estado.

Em 2019, o Enem PPL aprovou 166 reeducandos no Piauí. Além do Exame Nacional, também são trabalhados programas de ensino como o EJA, Encceja e Projovem Urbano. Paralelo a isso, os detentos têm acesso a cursos e atividades profissionalizantes.

Mais na Web