Polícia

Polícia Federal deflagra Operação Democracia Pescada em Barras

O objetivo da operação da PF é apurar um esquema de compra de apoio político durante as eleições de 2020.
25/11/2020 07h57 - atualizado

A Polícia Federal deflagrou a operação “Democracia Pescada” na manhã desta quarta-feira (25) para dar cumprimento à oito mandados de busca e apreensão, sendo sete deles em Barras/PI e um em Brasília.

O objetivo é apurar um esquema de compra de apoio político durante as eleições de 2020. Ao todo, 32 policiais federais estão participando da ação policial.

  • Foto: Divulgação/Polícia FederalOperação Democracia PescadaOperação Democracia Pescada

De acordo com a PF, um grupo político teria comprado, para as eleições 2020, o apoio de pré-candidatos e lideranças políticas da cidade de Barras, no Piauí. Segundo as investigações, no contexto apresentado, os recursos poderiam ser utilizados para crimes de corrupção eleitoral.

  • Foto: Divulgação/Polícia FederalOperação Democracia PescadaOperação Democracia Pescada

O nome da operação tem relação com a denominação dada aos grupos em que foram subdivididos os políticos e lideranças compradas, segundo a notícia-crime, o que foi feito conforme o peso do apoio político negociado e o respectivo valor da sua compra (peixes de couro, peixes nobres de escama e piabas do rabo seco)

Mais conteúdo sobre:

Mais na Web