Piauí

Prefeito Zé Maria é acusado de exonerar Controlador ilegalmente

A denúncia foi encaminhada para o Tribunal no dia 16 de janeiro deste ano e o relator do processo é o conselheiro Kléber Dantas Eulálio.
12/04/2019 19h35 - atualizado

O prefeito de Ipiranga-PI, José Santos Rêgo, mais conhecido como Zé Maria, foi denunciado ao Tribunal de Contas do Piauí por supostas irregularidades na troca do Controlador Geral do município. A denúncia foi encaminhada para o Tribunal no dia 16 de janeiro deste ano e o relator do processo é o conselheiro Kléber Dantas Eulálio.

  • Foto: Facebook/Ciro NogueiraPrefeito Zé MariaPrefeito Zé Maria foi denunciado ao TCE-PI.

O então controlador geral Romualdo Tomaz de Sousa, que apresentou a denúncia, afirma que foi destituído do cargo antes do prazo previsto na Constituição Estadual do Piauí. A Portaria de sua nomeação foi assinada no dia 03 de janeiro de 2017. Ele diz que o período estabelecido para o mandato é de três anos e que somente poderia deixar a função no dia 31 de dezembro de 2019.

Romualdo conta que “a destituição foi feita de forma injusta e irregular” e que praticamente foi expulso do seu local de trabalho.

“O sr. prefeito mandou trocar a fechadura da sala me proibindo o meu acesso à sala, tive minha mesa vasculhada, com desaparecimento do meu pen drive com arquivos pessoais importante. Por esse motivo solicito a esse Tribunal me dê a oportunidade de ser ouvido em caráter de urgência”, escreveu o servidor no ofício.

O então controlador geral solicitou ao TCE-PI que não considere a nova nomeação sem antes ouvi-lo e reforça que está à disposição para prestar esclarecimentos.

Outro lado

O Viagora não localizou o prefeito Zé Maria para comentar sobre o assunto. O espaço está aberto a esclarecimentos.

Mais na Web