Política

Themístocles pede empenho dos senadores para obras na BR-222

O plenário da Alepi aprovou o requerimento do presidente da Casa solicitando empenho da bancada piauiense no Senado para conclusão das obras do trecho da BR-222 situado no Piauí.
  • DA REDAÇÃO
19/06/2019 11h40 - atualizado

Na última segunda-feira, 17 de junho, o plenário da Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi) aprovou um requerimento do presidente da Casa, deputado Themístocles Filho (MDB), pedindo o empenho dos senadores Ciro Nogueira (Progressistas), Marcelo Castro (MDB) e Elmano Férrer (Podemos) para incluir no Orçamento Geral da União recursos para a conclusão das obras do trecho da BR-222 que corta o território piauiense.

Ainda foi aprovado um requerimento do deputado Coronel Carlos Augusto (PL) solicitando ao governador Wellington Dias (PT), aos senadores Ciro Nogueira, Elmano Férrer e Marcelo Castro, ao Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte (DNIT) e ao Departamento de Estradas de Rodagem do Piauí (DER-PI) a recuperação asfáltica do trecho da BR-316 situado na cidade de Picos.

Educação

Dois deputados do Progressistas apresentaram requerimentos na área da educação ao plenário da Assembleia Legislativa.

Foram apresentados requerimentos à Secretaria de Estado da Educação (Seduc) pela deputada Lucy Soares, solicitando ao órgão a contratação de técnicos, reforma dos banheiros, o fornecimento de carteiras escolares e a construção de quadra esportiva na Unidade Escolar Mário Raulino, na cidade de Altos.

A deputada também requereu à Seduc o envio de informações à Alepi sobre o atraso salarial dos funcionários celetistas da Unidade Escolar Cazuza Barbosa, também sediada em Altos.

O deputado B. Sá apresentou requerimentos solicitando ao reitor da Universidade Estadual do Piauí (UESPI), Prof. Dr. Nouga Cardoso, o cronograma da reforma do campus e o reconhecimento dos cursos ministrados pela instituição de ensino na cidade de Oeiras.

Economia

O deputado emedebista Henrique Pires apresentou um requerimento pedindo que sejam enviados ofícios aos presidentes do Senado Federal, Davi Alcolumbre (DEM-AP), da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ) e aos membros da bancada federal piauiense pedindo que intervenham junto aos Ministérios da Economia e do Planejamento visando a prorrogação até o dia 30 de junho dos processos de restos a pagar do Governo Federal.

Sem quórum

Por falta de quórum, o plenário não apreciou o requerimento apresentado pelo deputado Gustavo Neiva (PSB), líder da oposição, que solicitava a realização de uma audiência pública na Comissão de Infraestrutura e Política Econômica para debater Projeto de Lei do Poder Executivo que dispõe sobre autorização para que o governo venda imóveis pertencentes ao patrimônio do estado.

O líder do Governo, deputado Francisco Limma (PT), e o deputado Franzé Silva (PT) consideraram cedo para debater a mensagem governamental e se manifestaram contrários à aprovação do requerimento, enquanto os deputados Gustavo Neiva, Marden Menezes (PSDB) e Teresa Britto (PV), que falou no espaço destinado aos pequenos avisos, defenderam a aprovação da matéria, argumentando que a sociedade tem que debater a proposição que trata, segundo eles, sobre a venda de imóveis que pertencem ao povo.

Mais na Web