Piauí

Vídeo mostra destruição na Major César após rebelião de detentos

Na tarde dessa terça-feira, 2 de julho, os detentos da Colônia Agrícola Major César iniciaram uma rebelião, que culminou na fuga de presos e danos patrimoniais no presídio.
03/07/2019 11h00 - atualizado

Na tarde dessa terça-feira, 2 de julho, os detentos da Colônia Agrícola Major César, localizada na zona rural do município de Altos, iniciaram uma rebelião no horário de visitas, culminando na fuga de diversos presos e em diversos danos patrimoniais nas instalações da penitenciária.

Agentes do BOPE, RONE, Força Tática e Corpo de Bombeiros estiveram no local para tentar conter a revolta dos detentos, que teria resultado em agentes penitenciários feridos e viaturas queimadas.

Segundo informações divulgadas pelo Sindicato dos Agentes Penitenciários do Piauí (Sinpoljuspi), é estimado que cerca de 200 presos fugiram durante a ação, com alguns sendo capturados logo depois e outros retornaram à custódia voluntariamente.

O sindicato relatou ainda que a causa do motim seria que um agentes do presídio estava manuseando uma arma de fogo e teria atirado acidentalmente no pé de um detento, que causou revolta nos demais.

Um vídeo divulgado nas redes sociais mostra o rastro de destruição deixado pela rebelião no presídio. Nas imagens é possível ver um alojamento com móveis revirados e destruídos, assim como uma central de vigilância da penitenciária, que teve alguns de seus equipamentos danificados.

A direção da Colônia Agrícola Major César ainda irá investigar os reais motivos da revolta e o número total de detentos foragidos.

Confira o vídeo:

Mais na Web