Viagora

Procon suspende “venda casada” de ingressos do Crocodilo Beach

O descumprimento do termo pode gerar multa no valor de R$ 20.000 (vinte mil reais).

O Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (PROCON/MPPI) e os responsáveis pelo evento Crocodillo Beach, que faz parte da programação do carnaval de Luís Correia, assinaram nessa terça-feira (22), um Termo de Ajustamento de Conduta para a suspensão de propaganda enganosa de “venda casada” de ingressos para o show do artista Wesley Safadão que deve acontecer no dia 26 de fevereiro.

A prática, considerada abusiva pelo PROCON, foi discutida com responsáveis pelo evento. Na reunião foi estabelecido que os ingressos deveriam ser oferecidos de forma individualizada, inclusive para a atração “Wesley Safadão”.

  • Foto: DivulgaçãoAnúncio do Crocodilo BeachAnúncio do Crocodilo Beach

De acordo com o documento, a empresa Império Shows e Eventos - LTDA se comprometeu a suspender os anúncios que informam: “Compre seu ingresso para o 'Safadão' e ganhe mais um dia”. A empresa também deverá fazer contrapropaganda com a logomarca do PROCON/MPPI para divulgar o que foi firmado no documento. O descumprimento do termo pode gerar multa no valor de R$ 20.000 (vinte mil reais), que será revertida para o Fundo Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor.

Os consumidores que compraram as entradas, devem procurar os locais de venda, em Parnaíba e Teresina, para receber o que seria correspondente ao outro dia anunciado. Para os clientes que haviam comprado as entradas para mais de um artista, poderam receber os valores correspondentes nos postos de venda.

Facebook
Indicado para você
Veja também