Viagora

Francisco Costa assume a liderança do governo na Alepi

O deputado irá participar da campanha de aliados do PT nas eleições municipais de 2020, e irá apoiar candidatos, inclusive prefeitos que concorrem à reeleição no próximo pleito.

Após acordo com o governador Wellington Dias, o deputado estadual Francisco Costa (PT) assume a função de líder do governo na Assembleia Legislativa do Piauí (Alpei) no lugar do deputado estadual Francisco Limma (PT).

Na sessão plenária da última quinta-feira (06), Francisco Limma agradeceu a confiança do Governador Wellington Dias e passou a missão ao colega. Limma vai participar da campanha de aliados do PT nas eleições municipais de outubro, e irá apoiar pelo menos 30 candidatos, inclusive prefeitos que concorrem à reeleição no próximo pleito.

“Dr. Francisco Costa é um colega de partido, deputado competente que fará um bom trabalho, com certeza. Sigo à disposição para orientar e apoiar as decisões da base aliada. Agradeço a oportunidade de ter assumido essa missão no último ano, experiência engrandecedora que me trouxe muito aprendizado. Em 2020, estarei acompanhando mais de perto as lideranças municipais em vista do pleito eleitoral que se aproxima”, agradeceu o deputado Francisco Limma.

  • Foto: Divulgação/AlepiLimma passa a função de líder do Governo para Francisco CostaLimma passa a função de líder do Governo para Francisco Costa

O deputado, que tomou posse em janeiro como membro do Diretório Nacional do PT, assume agora a missão de acompanhar e fortalecer as pré-candidaturas do partido nos municípios.

“O PT deve priorizar o lançamento de candidaturas na maioria dos municípios, sem prejuízos de alianças. Mas aproveitar esse espaço, o momento que precede as Eleições Municipais para fazer o bom debate com a sociedade piauiense. O Piauí é hoje é outro, muita gente saiu da zona da pobreza. É importante defender o nosso legado, as nossas ideias, nosso projeto democrático e popular. Queremos que o PT se fortaleça, pois é um instrumento importante da luta do povo, principalmente dos mais pobres”, afirmou o deputado Limma. 

Facebook
Indicado para você
Veja também