Viagora

Parnaíba está há 10 dias sem registrar assassinatos

O comandante do 2º BPM, tenente-coronel Erisvaldo Viana, afirmou que foram realizadas operações de blitz, barreiras, bloqueios nas regiões que registraram violência.

Nesta segunda-feira (27), conforme a Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP-PI), a cidade de Parnaíba completa 10 dias sem registro de homícidios no município e receberá reforço de policiais militares para a região no final deste ano.

Ainda segundo a SSP-PI, este cenário é resultado das medidas implementadas visando o combate à criminalidade em todo o estado, as ações tem como um dos focos a região de Parnaíba.

O Comandante do 2º Batalhão da Polícia Militar, tenente-coronel Erisvaldo Viana, afirmou que foram realizadas operações de blitz, barreiras, bloqueios nas regiões que registraram violência e vulnerabilidade.

“Hoje estamos no décimo dia sem homicídios na cidade de Parnaíba, com 16 traficantes presos, 21 armas apreendidas. Isso mostra como a PM está trabalhando com a força-tarefa. Seguiremos vigilantes e proativos procurando nos antecipar aos fatos e trazendo uma melhor sensação de segurança pública”, destacou o PM.

A SSP-PI informou que uma ação conjunta é realizada entre a Polícia Militar, Policia Civil, Policia Federal, Policia Rodoviária Federal e Polícia Penal, nas regiões que apresentaram violência promovida por faccções visando o combate a criminalidade.

O secretário de Segurança Pública, coronel Rubens Pereira, afirmou que as operações realizadas tem trazido resultados positivos e que as equipes agem de forma rápida para localizar e prender os criminosos.

“Esse é o resultado positivo que estamos trazendo dessas últimas operações e de todo esforço que foi implementado na região. Com outros eventos que ainda estão acontecendo estamos agindo de forma muito rápida com atividade de inteligência para identificar e prender essas pessoas que não se inibem com a nossa presença e atuando para garantir a segurança”, ressaltou o coronel.

O policiamento neste fim de ano será reforçado com o envio de equipes do Centro Integrado de Segurança, no qual a Polícia Militar, Polícia Civil e Força Estadual de Segurança, devem adotar medidas para promover o reforço da segurança nas praias e principais pontos de concentração de turistas nas cidades.

Ainda de acordo com o coronel Rubens Pereira, mais de 120 agentes policiais estiveram fazendo o reforço da região e auxíliando no combate as facções criminosas.

“Quem está no litoral já percebe a presença das viaturas e dos nossos homens e mulheres que fazem a segurança do nosso Estado. E até dia 02 de janeiro nossa atenção estará redobrada”, destacou o oficial.

Na região do litoral atualmente dois Centros Integrados de Segurança atuam nas cidades, um localizado no Cajueiro da Praia e o outro em Barra Grande. Uma nova tropa foi encaminhada a região com mais de 136 policiais militares que devem trabalhar na promoção do reforço policial.

Facebook
Indicado para você
Veja também