Viagora

Sobe para 557 o número de famílias desabrigadas pelas chuvas em Teresina

Segundo boletim divulgado pela SEMDEF, desse total 500 famílias estão abrigadas nas casas de parentes e amigos e seguem cadastradas no Programa Cidade Solidária.

Dados do boletim divulgado pela Secretaria de Defesa Civil Municipal (SEMDEF), apontam que o número de famílias desabrigadas em Teresina devido as fortes chuvas subiu para 557 até a tarde dessa quarta-feira (19).

Segundo o levantamento realizado junto as Superintendências das Ações Administrativas Descentralizadas – SAAD’s, desse total, 500 famílias estão abrigadas na casa de parentes e amigos e seguem cadastradas no Programa Cidade Solidária.

Foto: Luis Marcos/ ViagoraFamílias abrigadas na escola municipal Domingos Afonso Mafrense
Famílias abrigadas na escola municipal Domingos Afonso Mafrense

O secretário de Defesa Civil, Carlos Ribeiro, explicou que outros locais foram disponibilizados por meio da SAAD Norte para servir de abrigo as famílias afetadas.

“Com o aumento de casos, a SAAD Norte disponibilizou o Centro de Convivência, no Parque Wall Ferraz e o Centro Comunitário dos Oleiros, no bairro Poty Velho, ambos na zona norte, para abrigar e prestar toda a assistência necessária às famílias atingidas”, ressalta o secretário.

Além dos Centros de Conivência, as famílias também estão abrigadas em escolas municipais como a Iolanda Raulino, no bairro Poti Velho, Domingos Afonso, no bairro Mafrense e a escola Dilson Fernandes, no bairro São Joaquim.

O gerente de Operações, Marcos Rolf, ressalta ainda que a Superintendência segue monitorando as 56 áreas de risco na capital.

“Para garantir maior segurança e agilidade nos atendimentos, permanecemos com uma equipe plantonista multiprofissional, equipamentos e transportes na escola Dilson Fernandes todos os dias. Assim, conseguimos continuar monitorando as 56 áreas de risco”, complementa o gerente de Operações.

Enchentes

A capital tem sido impactada por fortes chuvas desde o início do mês causando diversos prejuízos as famílias que tiveram suas casas destruídas e seus pertencentes levados pela água.

O prefeito de Teresina, Dr. Pessoa, assinou no dia (2), decreto que declara situação de emergência na cidade devido aos alagamentos registrados. A Vila Apolônia foi uma região bastante afetada devido ao aumento no nível das lagoas, após as chuvas.

Mais conteúdo sobre:

Teresina

Piauí

Defesa Civil de Teresina

Facebook
Indicado para você
Veja também