Viagora

Promotora investiga contrato sem licitação do prefeito de Francisco Macedo

O inquérito civil foi instaurado pela promotora de Justiça Tallita Luzia Bezerra Araújo para apurar suposta irregularidade.

A promotora Tallita Luzia Bezerra Araújo instaurou inquérito civil para apurar suposta irregularidade na dispensa de licitação nº 019/2021, acerca da compra de insumos e equipamentos para combate a Covid-19 no município de Francisco Macedo, administrado pelo prefeito Adilson Antão de Carvalho, mais conhecido como Novinho.

De acordo com portaria publicada no Diário Oficial do Ministério Público do Piauí, o órgão considerou a notícia de fato encaminhada pela subprocuradoria-Geral de Justiça Jurídica para proceder à apuração dos fatos, avaliação e tipificação de eventuais atos ímprobos.

Segundo o MPPI, existe a necessidade de colher elementos e acompanhar os fatos e que é função institucional do Ministério Público promover o inquérito civil e a ação civil pública para a proteção do patrimônio público e social, do meio ambiente e de outros interesses difusos e coletivos.

“Oficie-se a Prefeitura de Francisco Macedo-PI para que preste esclarecimentos acerca dos fatos narrados, conforme documentação acostada”, determinou a representante do Ministério Público.

Outro lado

O Viagora procurou o prefeito para falar sobre o assunto, mas até o fechamento da matéria o gestor não foi localizado. O espaço permanece aberto para esclarecimentos.

Facebook
Indicado para você
Veja também