Viagora

Assinada ordem de serviço para rebaixamento da Avenida João XXIII

A ordem de serviço para a obra foi assinada hoje, em Brasília, pelo ministro Marcelo Sampaio, da Infraestrutura.

Nesta terça-feira (24), foi assinada a ordem ao projeto de rebaixamento da Avenida João XXIII onde irá sair do papel. O projeto que está orçado em R$ 42 milhões tem como finalidade acabar com os engarrafamentos e garantir a fluidez do tráfego no entroncamento das avenidas João XXIII com Zequinha Freire. 

A assinatura do documento contou com a presença do Ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira e do Senador Elmano Férrer (PP/PI) que está à frente do projeto; e de outros parlamentares do estado, além do general Santos Filho, diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit).

Foto: Divulgação/ASSCOMEvento para assinatura de ordem de serviço.
Evento para assinatura de ordem de serviço.

De acordo com o senador, Elmano Férrer, para dá início as obras já foram asseguradas do governo federal cerca de R$ 19,6 milhões. “Estamos trabalhando para garantir todos os recursos necessários para a conclusão do projeto. Neste sentido, conto com o apoio do Presidente Jair Bolsonaro e do ministro Ciro Nogueira. E também devo um agradecimento ao ex-ministro Tarcísio de Freitas, que se empenhou pela concretização desta obra”, comenta o parlamentar.

O Ministro, Marcelo Sampaio, destacou durante a fala outras obras em andamento no Piauí, como a integração do viaduto do Mercado do Peixe e a duplicação da BR 343, de Teresina a Altos. Além da terceira faixa da BR – 316 em Picos. "E, no dia 6 de junho, estarei em Teresina, ao lado do senador Elmano, para inaugurar mais um trecho de 5km da duplicação da BR-316", avisa o ministro.

Sobre a obra

A obra se trata do conjunto de contornos Rodoviários de Teresina se tratando do maior complexo de obras de mobilidade urbana da história da capital piauiense. A execução destas obras é de responsabilidade do Dnit. O engenheiro Ribamar Bastos, superintendente do órgão no estado, diz que, no caso do rebaixamento da João XXIII, o prazo para a conclusão do projeto é de 24 meses. E ele defende a necessidade da obra: “Em 2018, 22 mil carros passavam diariamente pelo balão da Ladeira do Uruguai. Agora, são mais de 30 mil veículos/dia. O aumento acelerado na circulação de veículos gerou graves problemas, que precisamos resolver”, sentencia Bastos.

Aumento da frota e Expansão Imobiliária:

O Senador destaca sobre o crescimento da rota de veículos na capital e surgimento de condomínios residenciais de grande porte onde ocorre impacto significativo no trânsito da região. “A gente observa a expansão imobiliária ao longo da Avenida João XXII, com o surgimento de vários condomínios residenciais de grande porte nos últimos anos. Isso tem um impacto significativo no trânsito da região”, pontua Elmano Férrer.

Por Isadora Cavalcante

Facebook
Indicado para você
Veja também