Viagora

"Vai ser suplente”, revela Fábio Sérvio sobre Alessander Mendes

De acordo com o presidente do Podemos, a retirada do nome a corrida pelo Palácio de Karnak é uma estratégia.

Nesta quinta-feira (23), em entrevista ao Viagora, o pré-candidato ao Senado Federal pelo Podemos, Fábio Sérvio, falou sobre a mudança de estratégia do partido nas eleições deste ano e a retirada do nome de Alessander Mendes na disputa pelo Governo do Piauí.

Conforme Fábio Sérvio, o partido decidiu não ter mais candidato ao governo do Piauí, que anteriormente tinha lançado como pré-candidato o professor Alessander Mendes.

De acordo com Sérvio, a retirada do nome a corrida pelo Palácio de Karnak é uma estratégia, e o foco agora são as chapas do Senado a deputado Federal.

Foto: Juscelino/ ViagoraPré-candidato ao Senado Federal Fábio Sérvio.
Pré-candidato ao Senado Federal Fábio Sérvio.

 “A gente teve uma reunião esses dias, fazendo uma análise das pesquisas e o partido entrou em uma certeza que a posição do Senado está definida, a gente conseguiu se consolidar, tem a caminhada pela frente e tudo, mas está consolidada, e o que acontece, o Alessander de posicionou numa grandeza e disse ‘vamos concentrar todos os esforços no Senado e nas chapas dos federais, então eu me coloco a disposição do partido para qualquer posição. A gente fez todas as análises e o que aconteceu, a gente decidiu focar todos os esforços na pré-campanha de Senado e na pré-campanha dos federais”, disse o presidente do Podemos no Piauí.

Questionado se a retirada do nome de Alessander Mendes da disputa pelo governo era uma desistência o partido, o político negou e afirmou que essa foi uma estratégia baseada em pesquisas e dados discutidos na reunião. “Foi uma estratégia para fortalecer ainda mais a candidatura ao Senado, foi bem pensado em números, com dados e tudo, na imagem de cada um, no eleitorado, no somatório”, comentou.

Ainda sobre o assunto, o pré-candidato ao Senado afirmou que Alessander Mendes se tornará seu suplente, mas não está definido qual posição vai ocupar na suplência. “A gente não sabe se é o primeiro ou se é o segundo, vai ser suplente”, informou.

Facebook
Indicado para você
Veja também