Viagora

Letícia Cândido e Nicholas Rafael vencem primeira prova da Picos Pro Race

Mais de mil atletas participam da Picos Pro Race. O evento segue até este domingo, no estacionamento do Piauí Shopping.

Após os atletas que participam da Picos Pro Race enfrentarem 58 quilômetros de muita trilha com subidas e trechos técnicos, os competidores Letícia Cândido e Nicholas Rafael conseguiram ocupar a primeira colocação no primeiro dia de prova para os atletas que irão disputar na categoria Ultra.

É a primeira vez que atleta mineira Letícia Cândido participa da prova, porém, a atleta já possui diversas experiências nas trilhas do mundo afora. Como consta no seu currículo, Letícia foi campeã do Iron Biker, Campeã da Copa internacional de MTB, três vezes campeã brasileira (XCO, XCM e XCC), Campeã do Piocerá, Top 5 no Pan-Americano e Medalha de prata no Team Relay (Pan-Americano).

Foto: DivulgaçãoLetícia Cândido e Nicholas Rafael ganham no primeiro dia da Picos Pro Race
Letícia Cândido e Nicholas Rafael ganham no primeiro dia da Picos Pro Race

Segundo Letícia Cândido, o clima enfrentado no Piauí é diferente do seu Estado de origem, Minas Gerais, ela afirma que a ultramaratona Picos Pro Race exige muita garra dos atletas.

“Foi muito bom estar com a minha equipe e aqui na Picos Pro Race que é uma ultramaratona. É um terreno que exige muito, tinham duas subidas bem intensas. O sol não foi tanto, mas o clima é diferente do meu Estado e isso exige bastante. Amanhã a gente sabe que será bem mais difícil, mas um gostinho do que nos aguarda amanhã”, destacou. Letícia ainda revelou que já está em preparação para o ciclo olímpico novamente.

Já em segundo lugar da elite feminina, a piauiense Karine Frota ocupa a posição. Karine acumula títulos da Picos Pro Race, o último deles foi conquistado na última edição, que ocorreu no ano passado.

Na elite masculina, a disputa foi bem acirrada e com uma diferença de apenas 19 segundos do primeiro para o segundo colocado, o atleta Nicholas Rafael, conhecido como “Bem 10”, concluiu o percurso em 20814, enquanto Danrley Cavalcante, que venceu a edição passada, fez o percurso em 2:08:33.

Segundo Nicholas, sua performance foi boa, mas vai buscar melhorar ainda mais o resultado no segundo dia de competição. “O percurso é sempre muito duro. Já conheço o terreno, mas, esse ano, Daniel inovou colocando a T1 e a T2, duas subidas bem duras. Tivemos o Nicholas, que é um atleta XCO, atacou logo nas primeiras subidas, mas fui tirando a diferença ao longo da prova. Gostei da minha performance e vamos buscar melhorar ainda mais esse resultado nesse segundo dia”, ressalta.

Facebook
Indicado para você
Veja também