Viagora

Justiça manda desativar Instagram do influencer Itallo Bruno

A Central de Inquéritos de Teresina, a pedido da Delegacia de Repressão e Combate aos Crimes de Informática (DRCI), determinou a desativação da rede social.

Na manhã desta terça-feira (16), uma determinação judicial a pedido da Delegacia de Repressão e Combate aos Crimes de Informática (DRCI), decidiu pela retirada do perfil no Instagram de Ítallo Bruno, influenciador preso durante a Operação Jogo Sujo da Polícia Civil do Piauí.

O influenciador possuía 735 mil seguidores e realizava rifas ilegais, sorteando bens de alto valor, como veículos e casa luxuosas, em uma prática de suposta lavagem de dinheiro. As investigações da Polícia Civil apontaram que Ítallo Bruno também estaria participando de uma organização criminosa.

Foto: Divulgação/ InstagramÍtallo Bruno
Ítallo Bruno

“A decisão foi fundamentada na política da rede social que é contra a divulgação de jogos ilegais. A conta ficará suspensa até o final das investigações”, explicou o delegado Humberto Macola.

Sobre o caso

A Operçação Jogo Sujo foi deflagrada na manhã do dia 11 de janeiro, quando o influenciador foi preso junto a outras 10 pessoas. Além disso, foram apreendidos 21 veículos, dentre eles um carro Porsche, Audi e motocicletas BMW.

A Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI) em conjunto com a Superintendência de Operações Integradas da Secretaria de Segurança (SOI), foi responsável por conduzir a ação policial que visou reprimir os crimes de lavagem de dinheiro, organização criminosa e jogos de azar.

O delegado Alisson Macedo explicou que Ítallo Bruno ‘lavou’ cerca de R$ 4 milhões entre bens e ativos para uma facção criminosa. O nome da operação faz referência à repressão de jogos de azar ilegais veiculadas em redes sociais de grande alcance, informou a Polícia Civil.

Facebook
Indicado para você
Veja também