Viagora

Respeito a decisão do MDB e aceito ser vice de Fábio, diz Paulo Márcio

O médico explicou que apesar de não ter participado da reunião, que definiu o posicionamento do MDB, respeita a decisão dos correligionários e irá contribuir para o fortalecimento da chapa petista.

Após a deliberação do MDB sobre os rumos da disputa em Teresina, o médico Paulo Márcio recuou da pré-candidatura a prefeito e declarou que aceitou a missão de ser vice do postulante Fábio Novo (PT). O emedebista recebeu a cúpula do partido em sua residência nesta terça-feira (09), após o partido tomar a decisão de forma unânime.

Em vídeo gravado para as redes sociais, o médico explicou que apesar de não ter participado da reunião, que definiu o posicionamento do MDB, respeita a decisão dos correligionários e irá contribuir para o fortalecimento da chapa petista.

“Recebo com muito respeito a visita dos deputados, senador, do vice-governador e do presidente do diretório municipal na minha casa para comunicar a decisão de uma reunião do MDB, que eu não participei, e que decidiram de maneira unanime pelo apoio do MDB à candidatura do deputado Fábio Novo em Teresina. Respeito a decisão do partido que sempre definiu as eleições na capital”, afirmou.

O emedebista agradeceu pelo apoio do MDB e manifestou ainda desejo de apresentar seu plano de governo ao pré-candidato Fábio Novo, para que juntos formulem um planejamento eficaz destinado a capital.

“Eu quero dizer que para o vice-governador da minha gratidão por acreditar no meu trabalho e ao mesmo tempo dizer para Teresina que a gente tem um planejamento, um projeto para Teresina, que segundo as pesquisas foi aceito por mais de 100 mil teresinenses que acreditaram nesse projeto. Quero pedir a permissão para poder apresentar esse projeto para o deputado Fábio Novo e somar com o dele, não apenas para ganhar uma eleição, mas para reconstruir a cidade que eu nasci e que eu amo”, complementa.

Facebook
Indicado para você
Veja também