Viagora

Margarete Coelho custeou contrato da Sesapi alvo de denúncia do MP

Estes dois contratos, além de outro que também foi celebrado entre a Sesapi e o Instituto dos vaqueiros, foram denunciados por irregularidades.

Dois dos três convênios celebrados entre a Secretaria de Saúde do Piauí (Sesapi) e o Instituto Cultural dos Vaqueiros Piauienses (ICVP) foram realizados com recursos oriundos de emendadas parlamentares.

O contrato nº 106/2015, no valor de R$ 800 mil, foi custeado por emendas da deputada Liziê Coelho (PTB) e do presidente da Fundação Rádio e Televisão Deputado Humberto Reis da Silveira (Fundalegis), Antônio Felix. Já o contrato de número 107/2015, também de R$ 800 mil, foi custeado pela emenda da ex-deputada e atual vice-governadora do Piauí, Margarete Coelho.

  • Foto: Divulgação / Governo do Estado do Piauí.Vice-governadora Margarete CoelhoVice-governadora Margarete Coelho

Estes dois contratos, além de outro que também foi celebrado entre a Sesapi e o ICVP, estão sendo denunciados pelo Ministério Público do Piauí por irregularidades como descumprimento de acordos celebrados e desvio de recursos públicos.

O convênio 106/2015 objetivava “realizar projeto que discute, incentiva e promove a melhoria da qualidade de vida da população do campo, a ser realizado em comunidades rurais dos municípios de Acauã, Sigefredo Pacheco, Nazaré do Piauí, São Félix, Jatobá, Paulistana e Queimada Nova”.

Já o convênio 107/2015 tinha como objetivo “realizar projeto que discute, incentiva e promove a melhoria da qualidade de vida da população do campo, a ser realizado em comunidades rurais dos municípios de Corrente, Cel.  José Dias, Alagoinhas do Piauí, Valença, Cristalândia, Jaicós, São Raimundo Nonato e Pio IX e Queimada Nova”.

Facebook
Indicado para você
Veja também