Viagora

Paulo Guedes diz que governo está atuando para reduzir impostos e inflação

Segundo o ministro Paulo Guedes, o governo foi responsável por assegurar a redução dos impostos de importação em um marco após 40 anos de Mercosul.

Nesta quinta-feira (09), durante a abertura do Fórum da Cadeia Nacional de Abastecimento, realizado pela Associação Brasileira de Supermercados (Abras), o ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que o Governo Federal está auxiliando na redução de impostos e inflação no Brasil.

O evento reuniu lideranças setoriais, empresariais e autoridades governamentais para discutir sobre desafios estratégicos, econômicos, mercadológicos, institucionais e regulatórios relativos a cadeia nacional de abastecimento.

Segundo o ministro Paulo Guedes, o governo foi responsável por assegurar a redução dos impostos de importação em um marco após 40 anos de Mercosul.

“Estamos abaixando os impostos, reduzimos os impostos de importação pela primeira vez em 40 anos de Mercosul, zeramos os impostos sobre produtos como desossados, grãos, arroz e feijão, reduzimos todos os impostos da cesta básica, os impostos federais”, pontua.

Paulo Guedes destaca que o índice de Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) sofreu uma redução de 35%. “Teve 35% de redução do IPI, zeramos o ICMS [Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços], estamos dando a nossa contribuição para a nossa cadeia produtiva”, afirma.

O ministro da Economia ainda demonstrou seu apoio a proposta do presidente da Abras, João Galassi, que visa fazer com que a cadeia de supermercados não corrija a tabela de preços de alimentos até 2023.

“Está na hora de realmente sentar todo mundo e fazer nosso lema, exatamente como você sintetizou, nova tabela só em 2023”, destaca.

Guedes também falou sobre a importância do Brasil na segurança alimentar e energética, em especial, durante o período da pandemia de covid-19. “O Brasil é um gigante verde, é o protagonista mais importante da segurança energética e alimentar no mundo”, ressalta.

Na oportunidade Paulo Guedes mencionou ainda que apoia as ideias apresentadas pelo setor de supermercados, o ministro afirmou que chegou o momento de testar o capital institucional e da solidariedade.

“Estamos fazendo nossa parte, baixando os impostos e reduzindo os custos. Apoiamos todos as sugestões que vocês deram, o S, do social, está na hora de nós testarmos o nosso capital institucional, o capital de solidariedade, de fraternidade, de trabalharmos juntos para manter o Brasil em pé, e a parte do governo nós temos que fazer também, que são [a redução] os impostos”, complementa.

Facebook
Indicado para você
Veja também