Viagora

Inscrições para o Prouni começam na próxima segunda-feira

Segundo o Ministério da Educação, a 1ª chamada será no dia 8 de agosto e a 2ª chamada em 22 de agosto de 2022. As duas chamadas serão sucessivas e estará disponível na página oficial do Programa.

Inicia nesta próxima segunda-feira (1) as inscrições para a edição do segundo semestre de 2022 do Programa Universidade para Todos (Prouni) e vão até o dia 4 de agosto.  

Para participar, é necessário o estudante ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e atingido, no mínimo, a média de 450 pontos em cada matéria do exame e não ter zerado a redação. Os estudantes interessados podem concorrer a bolsas de estudo parciais, de 50%, ou integrais, de 100%, em diversas universidades privadas.  

A 1ª chamada será no dia 8 de agosto e a 2ª chamada em 22 de agosto de 2022. As duas chamadas serão sucessivas e estará disponível na página oficial do Programa

Segundo o Ministério da Educação, os critérios para a inscrição exigem ainda que o candidato à bolsa seja brasileiro, não portador de diploma de curso superior que tenha participado do Enem em qualquer das duas últimas edições. 

Novidades 

Houve ampliação dos critérios de origem escolar do estudante que deseja disputar as bolsas, assim ocorre mudança na classificação, onde observará a modalidade de concorrência escolhida pelo estudante em sua inscrição por curso, turno, local de oferta, instituição, e dentro de cada modalidade deverá ser obedecida a ordem decrescente das notas do Enem. Na ordem:  

- Professor da rede pública de ensino, exclusivamente para os cursos de licenciatura e pedagogia destinados à formação do magistério da educação básica, se for o caso e se houver inscritos nessa situação;  

- Estudante que tenha cursado o ensino médio integralmente em escola da rede pública; 

- Estudante que tenha cursado o ensino médio parcialmente em escola da rede pública e parcialmente em instituição privada, na condição de bolsista integral da respectiva instituição; 

- Estudante que tenha cursado o ensino médio parcialmente em escola da rede pública e parcialmente em instituição privada, na condição de bolsista parcial da respectiva instituição ou sem a condição de bolsista; 

- Estudante que tenha cursado o ensino médio integralmente em instituição privada, na condição de bolsista integral da respectiva instituição; 

- Estudante que tenha cursado o ensino médio completo em instituição privada, na condição de bolsista parcial da respectiva instituição ou sem a condição de bolsista;  

Com informações da Agência Brasil

Facebook
Indicado para você
Veja também