Viagora

Vendas de artigos de decoração natalina movimentam comércio de Teresina

De acordo com o empresário Maninho, as vendas nesse período teve um aumento em relação ao ano passado.

  • Alessandra Fonseca/ViAgora Vendas nas lojas do centro da cidade no Natal1 / 7 Vendas nas lojas do centro da cidade no Natal
  • Alessandra Fonseca/ViAgora Vendas nas lojas do centro da cidade no Natal.2 / 7 Vendas nas lojas do centro da cidade no Natal.
  • Alessandra Fonseca/ViAgora Vendas nas lojas do centro da cidade no Natal.3 / 7 Vendas nas lojas do centro da cidade no Natal.
  • Alessandra Fonseca/ViAgora Vendas nas lojas do centro da cidade no Natal.4 / 7 Vendas nas lojas do centro da cidade no Natal.
  • Alessandra Fonseca/ViAgora Vendas nas lojas do centro da cidade no Natal.5 / 7 Vendas nas lojas do centro da cidade no Natal.
  • Alessandra Fonseca/ViAgora Vendas nas lojas do centro da cidade no Natal6 / 7 Vendas nas lojas do centro da cidade no Natal
  • Alessandra Fonseca/ViAgora Vendas nas lojas do centro da cidade no Natal7 / 7 Vendas nas lojas do centro da cidade no Natal

O período de comemorações das festividades Ano Novo e Natal, são datas importantíssimas para o comércio pois as vendas tendem a movimentar o setor e proporcionar alta nos lucros. Em Teresina, os artigos de decoração natalina como árvores, pisca-pisca e outros também atraem o consumidor e a comercialização desses produtos trazem resultados satisfatórios.

Segundo o empresário Maninho, as vendas nesse período teve um aumento em relação ao ano passado. “Esse mês está vendendo bastante, os enfeites de Natal têm saído muito. Vem trazendo o espirito natalino, e já as compras de presentes pelo mês de novembro e dezembro, e as pessoas já compram, guarda para doação, e nesse tempo as pessoas estão se antecipando suas compras não deixando pra última hora”, disse,

Uma consumidora que preferiu não ser identificada, disse que investiu na ornamentação e também tem comprado vários presentes nessa época. “Minhas expectativas estão altas, estamos nas compras agora dos presentes tantos para as crianças como para as ações sociais, a gente já faz a atividade de sempre comprar no final do ano para doar para as comunidades para as crianças, e gostando também dos preços. Os preços estão razoáveis a gente né sempre espera fazer uma economia, e tem a possibilidade de comprar no atacado em uma quantidade a gente consegue economiza um pouco. Mas a ornamentação também foi garantida", disse a teresinense.

Já a gerente falou do pouco fluxo de clientes neste ano. “As vendas estão bem a baixo e a baixo de 2022 também ano passado estávamos vendendo bem mais, esperamos aumenta pelo menos na semana do natal, por que geralmente um dia a dois dias antes do natal”, relatou Laedna.

Os empresários esperam que as vendas aumentem para reparar o saldo negativo. “Em relação ao ano passado está fraco, essa semana era para estar super lotado, mais vamos ora vamos crer que vai melhorar daqui pra outra semana que está se aproximando, porque o povo brasileiro deixa pra última hora, nós precisamos do cliente para manter as portas abertas”. Relatou Elisangela

Por: Noely Alvarenga 

Facebook
Indicado para você
Veja também