Viagora

João Madison não descarta filiação de Rafael Fonteles ao MDB

O deputado, que é líder do MDB na Assembleia Legislativa, afirmou que o seu partido não descarta a filiação do secretário de Fazenda para uma possível disputa ao Governo do Estado em 2022.

No cenário político piauiense, as conversações sobre as eleições gerais de 2022 já iniciaram. Representantes de diversos partidos já especulam nomes para a sucessão de Wellington Dias (PT) no Governo do Estado.

Entre os parlamentares do PT, o nome especulado é o do secretário estadual de Fazenda, Rafael Fonteles. No entanto, o MDB, segundo maior partido da base governista, não descarta uma candidatura própria em 2022.

“Nós, do MDB, estamos satisfeitos com o espaço que temos hoje no governo e trabalhamos muito forte para as eleições de 2022. Nós estaremos juntos com o partido do governador”, afirmou o líder do MDB na Assembleia Legislativa do Piauí, deputado João Madison, em entrevista à TV Cidade Verde.

O parlamentar comentou que o senador Marcelo Castro, presidente estadual da sigla, é o nome natural para uma possível candidatura ao Governo do Estado, mas não exclui a possibilidade de filiação de outro nome para a disputa, incluindo o secretário Rafael Fonteles.

“Nós ainda não tratamos dessa questão, mas se, por ventura, tivermos um alinhamento dos partidos de achar que o Rafael teria que vir para o MDB, o MDB abraçaria normalmente. Eu não vejo nada de anormal nisso, até porque nós somos aliados do governador, mas isso tem que partir do governador e do próprio Rafael Fonteles, e também de todos os partidos aliados”, declarou.

Facebook
Indicado para você
Veja também