Viagora

"Piauí avançou no combate à Covid com vacinação", diz Francisco Limma

O deputado também fez um balanço das ações na Assembleia Legislativa do Piauí, no ano de 2021.

O deputado estadual Francisco Limma (PT) fez um balanço dos projetos conquistados para o estado através do seu trabalho executado na Assembleia Legislativa do Piauí no ano de 2021.

Conforme o parlamentar, foram 82 matérias apresentadas na Assembleia Legislativa, sendo 54 requerimentos; 21 projetos de lei; seis indicativos de projeto de lei e uma moção.

  • Foto: Luis Marcos/ ViagoraDeputado Francisco LimmaDeputado Francisco Limma

O deputado relembrou a disputa na Alepi em abril de 2021, no qual foi eleito como presidente da Comissão de Educação, Cultura e Saúde, e deu destaque a sua atuação em meio a pandemia da covid-19 promovendo políticas públicas de enfrentamento a doença.

Francisco Limma também destacou seu projeto que estabelece a classificação de profissionais da educação como grupo prioritário para a vacinação contra o coronavírus.

Além disso, durante o ano de 2021 o parlamentar também foi eleito vice-presidente da Comissão de Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento, e foi eleito membro da Comissão de Constituição e Justiça.

O deputado ressaltou que o Piauí avançou na luta contra a covid-19 e que o parlamentar vai permanecer acompanhando os investimentos pelo estado.

"Neste ano, o Piauí avançou no combate à covid-19 com a vacinação, retomando as visitas por todo interior, e, assim, acompanhar os investimentos pelo Piauí. Agradeço pelas conquistas e renovo nosso compromisso com os piauienses para 2022", declara.

Conforme Francisco Limma, na área da agricultura familiar, o parlamentar propôs o projeto de Lei Nº7.480/21, que institui a Política Estadual de Compras Governamentais da Agricultura Familiar e Economia Solidária no Piauí, gerando mais empregos e renda no meio rural e garantindo a mais famílias um meio de sustento e renda.

Já no setor da Assistência social, a Alepi aprovou o projeto que institui o Programa Estadual - AJA, como política pública destinada à inclusão social e ambiental de jovens piauienses em situação de vulnerabilidade social, e dá outras providências.

Além disso, Francisco Limma também apresentou proposta para a área da educação com o projeto de Lei Nº 7.626/2021, que reserva às pessoas negras e pardas 25% das vagas oferecidas nos concursos públicos e processos seletivos para provimento de cargos efetivos, temporários e de empregos públicos controlados pelo Estado do Piauí.

Facebook
Indicado para você
Veja também