Viagora

"Esse ano serei a pedra no sapato deles", diz Sarapatinhas sobre Patriotas

A vereadora explicou que pretende dar continuidade ao processo de desfiliação do Patriotas solicitado junto ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

Na manhã desta quarta-feira (06), a vereadora Thanandra Sarapatinhas declarou em entrevista ao Viagora, que pretende dar continuidade ao processo de desfiliação do Patriotas solicitado junto ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) na última sexta-feira (01).

De acordo com a parlamentar, o juiz não julgou a ação declaratória a tempo da vereadora conseguir se filiar a outra sigla, dessa forma sem comprometer seu mandato na Câmara Municipal de Teresina. Agora Thanandra Sarapatinhas explicou que deverá manifestar seu desejo de continuar o processo para comprovar que sofreu perseguição dentro do próprio partido.

Foto: Luis Marcos/ ViagoraVereadora Thanandra Sarapatinhas
Vereadora Thanandra Sarapatinhas

“Ele não negou, ele só não julgou a tempo de eu conseguir me filiar a outro partido, porque eu só tinha o prazo até sábado, dia 02, mas ele me deu um prazo de até cinco dias para me manifestar e saber se eu ia querer continuar com o processo que é para eu comprovar que sofri perseguição, estou processando três ou quatro pessoas do meu partido que ficavam me atacando, me acusando de matado meus animais, enfim e eu resolvi tocar pra frente, vou mostrar que sofria perseguição e um dia eu saio, se não sair agora em 2024 quando abrir a janela eu saio desse partido”, explica Thanandra.

Thanandra Sarapatinhas também falou sobre as declarações do presidente estadual da sigla, Gustavo Henrique, à imprensa no qual afirmou que a vereadora não sofria perseguição na legenda e sim assédio de outros partidos para deixar a sigla.

“Eu acho que o Gustavo deveria ficar era calado, porque ele não tem nada a ver da época, nem sabia que ele ainda tá em Patriotas nem nada, então ele está abrindo a boca dele para falar uma coisa que ele não tem nem noção, ele agora só porque é presidente do partido fica pagando de entendido da situação, ele não sabe de nada, ele sabe muito é encher o saco isso sim”, enfatiza a vereadora.

Diante da continuação do processo na Justiça Eleitoral, a parlamentar ressaltou que deve sair do partido somente com segurança total e na condição de manter seu mandato como vereadora.

“Tem não, porque se for para sair eu só saio com segurança eu não vou colocar meu mandato em risco porque eu saindo os animais não vão ter ninguém aqui por eles, então eu só vou sair se for com segurança total”, afirma.

A parlamentar já enfatizou que ao sair de sua atual legenda já tem destino partidário e pretende ingressar no Republicanos devido sua identificação com os membros da sigla como o presidente da Casa, Jeová Alencar e o prefeito da capital, Dr. Pessoa.

“Com certeza, eu vou estar com meu grupo, Jeová Alencar, o Dr. Pessoa, o povo que é do meu grupo, estamos todos juntos e eu estou aqui para ajudar eles, o Patriotas esse ano eu serei a pedra no sapato deles e eles que vão dizer se eu vou ser uma pedra grande ou pequena”, conclui.

Facebook
Indicado para você
Veja também